Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Paciente do sexo feminino, 33 anos, branca, refere quadro de sonolência, desânimo, ganho de peso, edema de membros inferiores, esquecimento e queda de cabelo há 6 meses. Nega antecedentes patológicos. Refere história familiar de tireoideopatia (não sabendo referir qual tipo). Ao exame físico: bom estado geral, palpação tireoideana: nódulo único, móvel, indolor de ± 1cm, PA: 130x95mmHg, FC: 56bpm, restante do exame físico sem alterações. Exames laboratoriais: TSH: 54 (0,35-4,5), T4 livre: 0,5 (0,7 – 1,8), Anti-TPO: +, hemograma, glicemia, eletrólitos e função renal dentro da normalidade. Ultrassonografia: nódulo hipoecogênico, irregular sem calcificações, vascularização central e periférica. Assinale a alternativa incorreta:

A
Deve-se iniciar o uso de levotiroxina e reavaliar as dosagens de TSH e T4 livre.
B
Quanto ao nódulo tireoideano, deve-se solicitar PAAF (punção aspirativa por agulha fina) guiada pelo ultrassom.
C
Trata-se de um quadro de tireoidite de Hashimoto associado a nódulo tireoideano.
D
As alterações na pressão arterial e na frequência cardíaca podem ser explicadas pelo hipotireoidismo.
E
Trata-se de um caso de hipotireoidismo central associado à doença de Plummer.
Um recém-nascido (RN) a termo (Idade Gestacional = 37 semanas), nascido de parto cesárea, Apgar 8 (1o min) e 9 (5o min) inicia logo após o nascimento com taquipneia (FR=80 rpm) e gemência. O RX de tórax mostra hiperinsuflação pulmonar, infiltrado peri-hilar simétrico e presença de líquido nas cisuras interlobares (cisurite). O RN recebe oxigenioterapia e apresenta resolução clínica do quadro em três dias. O diagnóstico provável é:
Na gravidez ectópica, o aspecto do endométrio mais sugestivo é:
A quimioprofilaxia, na exposição ocupacional ao HIV, é recomendada quando há:
Em relação à colelitíase, é correto afirmar:
Compartilhar