Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Paciente do sexo feminino, 35 anos, branca, deu entrada no pronto socorro com quadro de emagrecimento, intolerância ao calor, palpitações, insônia, tremores e sudorese há 4 meses. Nega patologias prévias, uso de medicações, tabagismo e alcoolismo. Ao exame físico, paciente em bom estado geral, exoftalmia discreta, bócio volumoso, IMC: 19,9kg/m², circunferência abdominal: 70cm, PA: 150x60mmHg, FC: 120bpm, auscultas respiratória e cardíaca sem alterações. Exames laboratoriais: TSH: 0,01 (0,35 – 4,5), T4l: 6,5 (0,7 – 1,8), TRAb: +, Anti-TPO: +, hemograma, glicemia, eletrólitos e função renal dentro da normalidade. Assinale a alternativa correta, quanto ao diagnóstico etiológico desse caso.

A
Hipertireoidismo primário por doença de Plummer.
B
Tireoidite de Hashimoto.
C
Hipertireoidismo primário por doença de Basedow-Graves.
D
Hipotireoidismo secundário.
E
Tireoidite subaguda.
Em relação aos ferimentos penetrantes de carótida, é correto afirmar:
Qual é o músculo que se origina da segunda a quinta costelas, próximo da união do osso à cartilagem e se insere na ponta do processo coracoide da escápula?
Na questão a seguir encontram-se afirmações sobre o tema proposto. Teste o seu conhecimento escolhendo a alternativa que contenha 3 afirmações verdadeiras. Tema: Principais complicações cirúrgicas - PARTE I: I-Aspiração pulmonar é uma complicação evitável na maioria dos casos, entretanto sua ocorrência, quando associada à pneumonia, se relaciona a altas taxas de mortalidade. II-Atelectasia é uma complicação pulmonar pouco frequente. Sua incidência é maior em portadores de doença pulmonar preexistente, idosos e obesos. III-Infecção urinária é a complicação infecciosa mais frequente no pós-operatório. IV-O tratamento do íleo pós-operatório funcional é de suporte. Jejum, reposição hidroeletrolítica e colocação de sonda nasogástrica são medidas iniciais que respondem com sucesso na maioria dos casos. V- A causa de febre mais comum nas 72 primeiras horas de pós-operatório é atelectasia pulmonar e, entre 5º e 8º dia, infecção do sítio cirúrgico. VI-Seroma é uma coleção de sangue ou coágulo na ferida e é a complicação de ferida operatória mais comum. A alternativa que contém três afirmações corretas é:
Recém-nascido, 20 dias de vida, alimentado ao seio materno e ganhando 10 gramas/dia apresenta vômitos e 6 evacuações líquidas e esverdeadas por dia. Ao exame: choroso, ictérico ++/4, pupilas com aspecto opacificado, abdome globoso, fígado a 6 cm do RCD, endurecido. Glicemia pré-mamada = 20 mg/dL. Urina com teste de Benedict +++. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar