Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Paciente do sexo feminino, 35 anos, branca, deu entrada no pronto socorro com quadro de emagrecimento, intolerância ao calor, palpitações, insônia, tremores e sudorese há 4 meses. Nega patologias prévias, uso de medicações, tabagismo e alcoolismo. Ao exame físico, paciente em bom estado geral, exoftalmia discreta, bócio volumoso, IMC: 19,9kg/m², circunferência abdominal: 70cm, PA: 150x60mmHg, FC: 120bpm, auscultas respiratória e cardíaca sem alterações. Exames laboratoriais: TSH: 0,01 (0,35 – 4,5), T4l: 6,5 (0,7 – 1,8), TRAb: +, Anti-TPO: +, hemograma, glicemia, eletrólitos e função renal dentro da normalidade. Assinale a alternativa correta, quanto ao diagnóstico etiológico desse caso.

A
Hipertireoidismo primário por doença de Plummer.
B
Tireoidite de Hashimoto.
C
Hipertireoidismo primário por doença de Basedow-Graves.
D
Hipotireoidismo secundário.
E
Tireoidite subaguda.
Parturiente apresenta ao exame de toque vaginal cervicodilatação de 9 cm, bolsa íntegra, feto em apresentação cefálica, bregma na direção da sinostose sacroilíaca direita. É correto afirmar que se trata de uma apresentação cefálica defletida de:
Instruções: Para responder às questões de números 27 a 29 assinale, na folha de respostas, a alternativa que contém a afirmação correta em relação ao assunto indicado. Diabetes gestacional.
Paciente, 36 anos de idade, lavradora, procedente da zona rural, cursa com diarreia há três meses com perda ponderal de 5 kg, além de dor abdominal. Nega história familiar de câncer. Tem dieta rica em frutas e legumes. O quadro se caracteriza por 8 dejeções/dia com fezes amolecidas, sem muco ou sangue visíveis. Traz exame protoparasitológico de fezes, em uma amostra, negativo. Ao exame físico, se apresenta com hipocromia de mucosas ++/4, IMC: 23 kg/cm², abdome sem visceromegalias. Os exames de laboratório evidenciam Hb: 8 g/dl, VHS: 54 mm na 1ª hora, leucograma: 14,3 mil com 76% segmentados. A colonoscopia revelou úlceras de aspecto serpiginoso em ceco e íleo terminal, com mucosa de permeio normal. Um exame de PPD realizado nessa paciente revelou área de induração de 7 mm após 72 horas. Esse dado:
Paciente, 7 anos de idade, procedente da zona rural, é internado com quadro de dor abdominal há 3 dias em cólica de média intensidade, anorexia, tosse e febre diária de baixa intensidade. Ao exame, REG é nutricional, palidez cutaneomucosa. Abdome volumoso, SM visceromegalias, doloroso à palpação. Hemograma com 9400 leucócitos, 58% segm., 1% bast., 10% eosinófilo, anemia microcítica e hipocrômica moderada (Hb: 7,0; Ht: 26%), ausência de células anormais. RX de tórax com infiltrado inflamatório intersticial. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar