Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Paciente do sexo feminino, 43 anos, branca, portadora de diabetes mellitus há aproximadamente 3 anos, deu entrada no pronto socorro com quadro de polis, emagrecimento, mal estar e vômitos. Sem outros sintomas. Nega tabagismo, alcoolismo e outras doenças. Medicações em uso: metformina XR 500mg/dia. Ao exame físico, paciente em mal estado geral, taquipneica, desidratada, IMC: 26,3kg/m², PA: 150x90mmHg, FC: 120bpm, auscultas respiratória e cardíaca sem alterações. Exames laboratoriais: glicemia: 785mg/dl, Na: 150mEq/L, k: 5,2 mEq/L, HCO3: 21mEq/L, creatinina: 1,5mg/dl. Assinale a alternativa correta quanto ao diagnóstico e à terapêutica para esse caso.

A
Estado hiperosmolar não cetótico e insulina glargina inicialmente.
B
Pneumonia e antibióticos de largo espectro inicialmente.
C
Cetoacidose diabética e hidratação e insulina regular inicialmente.
D
Estado hiperosmolar não cetótico e hidratação e insulina regular inicialmente.
E
Descompensação diabética e aumento da dose de metformina inicialmente.
Quanto à fisiopatologia da doença de Paget, Podemos afirmar que:
Paciente alcoólatra, trazido por seus familiares ao PS do HCPM, com relato de confusão mental associado à glicemia capilar de 50. Foram administradas 4 ampolas de glicose hipertônica a 50%. No entanto, o quadro de confusão mental piorou e ele desenvolveu nistagmo horizontal, ataxia e taquicardia. Qual a conduta mais adequada para o caso?
De acordo com Sistema de pontuação para diagnóstico de Tuberculose (TB) Pulmonar em crianças e adolecentes negativos a baciloscopia, do Ministério da Saúde - 2002 quais os critérios que devem ser avaliados?
Em relação à Nutrição Enteral (NE) no paciente cirúrgico, considere as afirmativas: I - A NE preserva integridade da mucosa do trato gastrointestinal. II - A NE resulta em piora da função imunológica devido à maior produção de IgA. III - A NE está contraindicada na pancreatite aguda.
Compartilhar