Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hematologia

Hepatologia

Paciente do sexo feminino, 46 anos, deu entrada no PS com história de fadiga e aumento de volume abdominal há 3 meses, evoluindo há 1 dia com desconforto respiratório. Ao exame físico, apresentava-se com PA 90 x 60 mmHg, FC: 88 bpm. Descorada +/4+ e ictérica ++/4+. Lúcida, orientada e contactuante. Flapping ausente. Apresentava eritema nas palmas das mãos e aranhas vasculares em tórax. Ausculta pulmonar demonstrava MV+ bilateral sem ruídos adventícios, e a ausculta cardíaca não apresentava alterações significativas. Abdome com ascite tensa, espaço de Traube ocupado. Edema em MMII ++/4+. Exames laboratoriais de entrada mostravam: Hb: 10,0 g/dl; Ht: 30%; VCM 92; CHCM: 32; Leucócitos: 3200 (diferencial normal); plaquetas: 45000/ml; U: 25 mg/dl; Cr: 0,7 mg/dl; Glicemia: 92 mg/dl; AST: 62 UI/l; ALT 73 UI/l; Amilase: 32 UI/l, Gama-GT: 32 UI/l, Fosfatase alcalina: 120 UI/l, Bilirrubinas totais: 4,8 mg/dl; Bilirrubina direta: 3,5 mg/dl; Bilirrubina indireta: 1,3 mg/dl; TAP: 58%; Albumina: 2,9 g/dl. Raio-x de tórax é normal. Qual a causa mais provável da anemia desta paciente?

A
Hemorragia digestiva alta sem exteriorização.
B
Anemia hemolítica autoimune.
C
Anemia ferropriva.
D
Hiperesplenismo.
E
Anemia de doença crônica.
Assinale a alternativa que NÃO está associada com aumento do risco de acidente vascular cerebral em pacientes com fibrilação atrial.
Mulher, 57 anos, observou aumento de volume da região cervical anterior há 6 meses. No exame físico foi palpado, em região do lobo direito da tireoide, um nódulo de 2x3 cm, de consistência fibroelástica, indolor, não aderido aos planos profundos. Exame laboratorial: TSH = 1,0 mUI/L (normal = 0,4–4,0). Com relação à abordagem dos nódulos tireoideanos, assinale a alternativa INCORRETA.
São causas de baqueteamento digital, EXCETO:
Paciente de 38 anos, masculino, portador de hepatite C apresenta há 6 semanas lesões papulares eritematovioláceas em tornozelos e punhos e lesões reticulares esbranquiçadas em mucosa jugal e lábios. Refere prurido intenso e aparecimento de lesões lineares em áreas de escoriação. Ao exame, é possível perceber linhas esbranquiçadas reticuladas no topo das pápulas. Com relação a esse caso, é INCORRETO afirmar:
Compartilhar