Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Endocrinologia

Reumatologia

Ginecologia

Paciente do sexo feminino, 50 anos, comparece ao consultório médico para avaliação de osteoporose. Sem queixas no momento. Menopausa desde os 39 anos, sem terapia de reposição hormonal. Nuligesta. Nega tabagismo e etilismo. Antecedentes pessoais: asma brônquica na infância, com uso de corticoide por longos períodos. Nega outras patologias. Antecedentes familiares: pai hipertenso, mãe dislipêmica e portadora de osteoporose. Ao exame físico: IMC: 21 kg/m2, PA:120 x 80 mmHg, FC: 84 bpm, tiroide normopalpável; demais, sem alterações. Assinale a alternativa INCORRETA.

A
O exame que, no momento, pode ser solicitado para avaliar se essa paciente apresenta osteoporose é a densitometria óssea.
B
O exame de densitometria óssea avalia a densidade mineral óssea.
C
Se essa paciente apresentar osteoporose, o objetivo do tratamento será evitar fraturas.
D
O diagnóstico de osteoporose por radiografia é tardio, quando já houve perda de 30 a 40% da massa óssea.
E
O melhor exame a ser realizado no momento é a biópsia óssea.
Paciente politraumatizado apresenta na avaliação primária taquicardia, sem hipotensão. Podemos afirmar que:
Tainará, 12 anos, sofreu lesão na articulação do cotovelo, após cair de um lugar cuja altura era equivalente a sua. A menina queixava-se de dor na articulação. Ao examiná-la, Dr. Emílio detectou sinovite traumática leve e limitação da mobilidade sem impotência funcional. Qual a conduta mais adequada?
Criança de 6 semanas de idade, do sexo masculino é trazida pelos familiares com quadro de vômitos repetidos com restos alimentares (leite materno) e sem bile. Apresenta-se desidratada e prostrada. No exame físico palpa-se “oliva” em abdome superior (epigástrio). Colhida gasometria arterial, esta mostra os seguintes parâmetros: pH = 7,25; PaCO2 = 33; e HCO3 = 12. Podemos afirmar que o diagnóstico mais provável e o distúrbio gasométrico encontrado são respectivamente:
Qual dos fatores abaixo é determinante para definir crise convulsiva febril de alto risco e indica investigação detalhada?
Compartilhar