Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Endocrinologia

Reumatologia

Ginecologia

Paciente do sexo feminino, 50 anos, comparece ao consultório médico para avaliação de osteoporose. Sem queixas no momento. Menopausa desde os 39 anos, sem terapia de reposição hormonal. Nuligesta. Nega tabagismo e etilismo. Antecedentes pessoais: asma brônquica na infância, com uso de corticoide por longos períodos. Nega outras patologias. Antecedentes familiares: pai hipertenso, mãe dislipêmica e portadora de osteoporose. Ao exame físico: IMC: 21 kg/m2, PA:120 x 80 mmHg, FC: 84 bpm, tiroide normopalpável; demais, sem alterações. Assinale a alternativa INCORRETA.

A
O exame que, no momento, pode ser solicitado para avaliar se essa paciente apresenta osteoporose é a densitometria óssea.
B
O exame de densitometria óssea avalia a densidade mineral óssea.
C
Se essa paciente apresentar osteoporose, o objetivo do tratamento será evitar fraturas.
D
O diagnóstico de osteoporose por radiografia é tardio, quando já houve perda de 30 a 40% da massa óssea.
E
O melhor exame a ser realizado no momento é a biópsia óssea.
Quanto ao trauma pediátrico, é correto afirmar que:
Considere alguns mecanismos que predispõem à insuficiência renal aguda: I. Vasoconstrição. II. Lesão tubular direta. III. Nefrite intersticial aguda. IV. Obstrução intratubular. Contraste radiológico, lise tumoral pós-quimioterapia, aminoglicosídeos e penicilinas relacionam-se, respectivamente, a:
Um homem de 20 anos corta o lábio superior ao se barbear pela manhã. Um segundo após o corte, a perda de sangue de uma pequena arteríola dérmica do local do trauma é reduzida através de:
Na criança com coqueluche, observa-se frequentemente no hemograma:
Compartilhar