Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Paciente do sexo feminino, 65 anos, com nódulo na tireoide identificado em exame físico, com 2,0 cm de diâmetro, endurecido, em lobo esquerdo. Realizada ultrassonografia da glândula tireoide, caracterizando nódulo sólido de 2,0 cm em lobo esquerdo e nódulo de 1 cm no lobo direito, e com laudo final de "bócio multinodular". A melhor conduta seria:

A
observação clínica.
B
tratamento com tiroxina em doses supressivas.
C
tomografia computadorizada para confirmar multinodularidade.
D
exame citológico de material obtido por punção biópsia aspirativa por agulha fina.
E
radioiodoterapia.
Um paciente relata história de sangramento vermelho vivo às evacuações, sem dor. Refere sensação de exteriorização de massa pelo ânus durante o esforço evacuatório, que reduz espontaneamente. Nesse caso, o diagnóstico mais provável é:
Criança de 3 anos com coriza e febre baixa há 3 dias evoluiu com tosse rouca, estridor inspiratório e retrações supraesternal e subcostais. Não apresenta disfagia ou sialorreia. O diagnóstico mais provável é:
Assinale a cardiopatia congênita acianótica mais frequente.
Criança de 3 anos de idade, proveniente do norte do Paraná, sexo feminino, que frequenta creche, iniciou há 12 horas febre (Temperatura axilar = 39 °C) e petéquias no pé direito. Foi prontamente levada ao Centro de Saúde mais próximo de sua casa onde recebeu diagnóstico de febre sem foco e foi liberada com sintomáticos. Após 2 horas a mãe percebeu que a menor “falava coisas sem sentido”. Retornou ao mesmo Centro de Saúde. Ao exame apresentava Glasgow = 10, FR = 40 ipm, Saturação de oxigênio em ar ambiente = 88%, retração de fúrcula e sufusões hemorrágicas em membros. Não havia laboratório nesse local. O médico colocou a criança em máscara de oxigênio 6 L/minuto e assim sua saturação atingiu 94%. Fez contato com serviço terciário e encaminhou a menor. Após 2 horas, no hospital, mesmo com as medidas adequadas, a paciente evoluiu para óbito. Quanto à conduta do médico identifique a alternativa correta:
Compartilhar