Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Paciente do sexo masculino, 35 anos, atendido em consulta ambulatorial de rotina, assintomático, tabagista, apresenta-se com PA 153/93 mmHg (média de duas medidas) e IMC 28 Kg/m². Seu eletrocardiograma é normal. Segundo a V Diretriz Brasileira de Cardiologia, qual seu estágio atual da pressão arterial? Qual é a melhor abordagem inicial para o caso?

A
Pressão arterial limítrofe e nenhuma orientação adicional.
B
Hipertensão arterial estágio 1 e modificações no estilo de vida.
C
Hipertensão arterial estágio 1 e modificações no estilo de vida acompanhado de tratamento medicamentoso anti-hipertensivo (monoterapia).
D
Hipertensão arterial estágio 2 e modificações no estilo de vida.
E
Hipertensão arterial estágio 2 e modificações no estilo de vida acompanhado de tratamento medicamentoso anti-hipertensivo (terapia combinada).
Heloísa, 24 anos, gesta III, para 0, aborto II (duas perdas fetais no 2º trimestre), atualmente na 34ª semana de gestação, procura a emergência com cólica, dores em membros inferiores e perda líquida há duas horas, sem sangramento. No exame obstétrico inicial, observa-se líquido amniótico claro e sem grumos saindo pela vagina. Nos membros inferiores nota-se trombose venosa profunda (TVP). No puerpério imediato, a trombose venosa profunda (TVP) de Heloísa se agrava por ter permanecido muito tempo acamada apesar das recomendações médicas para a deambulação precoce. O sinal que indica gravidade da TVP é:
Paciente internado com quadro de edema, oligúria, hipertensão, apresenta-se dispneico com estertores de base pulmonar, alterações hidroeletrolíticas, como hiperpotassemia, acidose grave, hipocalcemia, hiperfosfatassemia e hiperuricemia. Após instituir a terapêutica habitual para IRA, passa a manter hiponatremia refratária à terapia. Aumento progressivo da ureia e creatinina, oligoanúria persistente. A conduta a ser adotada no caso é indicar:
Em relação às pacientes com colelitíase sintomática é correto afirmar:
Um homem de 35 anos apresenta episódio autolimitado de diarreia, surgindo, algumas semanas depois, um quadro de poliartrite assimétrica de membros inferiores, dáctil e nos pododáctilos, tendinite do aquileu, lesões superficiais, eritematosas e indolores no pênis. Constata-se que apresenta também uma sacroileíte assintomática e conjuntivite bilateral. Um exame de sangue mostra HLA-B27. O diagnóstico provável deste caso é:
Compartilhar