Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Paciente do sexo masculino, 42 anos, morador da zona rural, vítima de acidente ofídico crotálico há 48 horas, deu entrada no Pronto-Socorro do Hospital de Doenças Tropicais trazido por familiares. Apresenta mialgia, sonolência, diminuição do volume urinário e urina de cor “marrom”. Ao exame, ptose palpebral, desidratação +/4, pressão arterial de 110/80 mmHg e sem edema. O diagnóstico mais provável da insuficiência renal é:

A
necrose tubular aguda por rabdomiólise
B
insuficiência renal aguda pré-renal
C
glomerulonefrite pós-infecciosa
D
necrose cortical aguda
Paciente, 65 anos, masculino, com quadro de lombalgia há 2 meses, com piora à movimentação. Refere que há 45 dias iniciou paraparesia e há 2 dias está com incapacidade de movimentação de membros inferiores. Você está de plantão no pronto-socorro e faz o primeiro atendimento do paciente. Escolha a conduta CORRETA:
Homem, 67 anos, assintomático, portador de aneurisma de aorta infrarrenal com 4,2 cm de diâmetro (aferição por angiotomografia). A conduta mais adequada é:
Analise as seguintes afirmativas relacionadas ao tratamento das fraturas expostas: I - Todo desbridamento deve ocorrer em ambiente cirúrgico, sob condições rigorosas de assepsia. II - O desbridamento ósseo implica a exposição dos dois extremos do foco fraturário: a limpeza da cavidade medular e a remoção de pequenos fragmentos corticais desvitalizados. III - A cirurgia de desbridamento deve, preferencialmente, ser realizada com isquemia. Está (ão) CORRETA (S):
ID: Homem, 59 anos de idade, nega doenças anteriores e uso de medicamentos. HMA: chega ao PS com sangramento abundante pela fossa nasal direita e pela boca. EF: apresenta-se com mucosa pálida, FC: 115 bpm e PA: 170 x110 mmHg. A conduta é:
Compartilhar