Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Paciente do sexo masculino, 45 anos, branco, refere emagrecimento, poliúria, polifagia e polidipsia há 40 dias. Tabagista e hipertenso há 3 anos. Sem outros antecedentes. Pai diabético, mãe hipertensa e coronariopata (IAM aos 50 anos). Medicações em uso: enalapril 40 mg/dia. Exame físico: IMC: 34 kg/m²; CA: 111 cm; PA: 120 x 80 mmHg; FC: 88 bpm; demais, sem alterações. Assinale a alternativa que representa a melhor hipótese diagnóstica.

A
Diabetes mellitus tipo 1.
B
Obesidade grau II.
C
Diabetes mellitus autoimune.
D
Diabetes mellitus tipo 2.
E
Diabetes mellitus secundário.
Homem, 18 anos de idade, queixa-se de cefaleia frontal e dor em hemiface e região periorbital esquerda, iniciada há 10 dias, após resfriado. Faz uso há 04 dias de nimesulida. Mantém obstrução nasal acentuada à esquerda, halitose e febre diária e, há 24 horas, apresenta hiperemia e inchaço no olho esquerdo. Está em bom estado geral, com voz anasalada, temperatura 37,5°C e orofaringe com hiperemia difusa e secreção pós-nasal. Há edema e hiperemia palpebral à esquerda e dor a movimentação do olho esquerdo. Além do repouso, soro fisiológico nasal, manutenção do anti-inflamatório, a conduta, tipo de estudo por imagem dos seios da face e o diagnóstico, são:
Homem, 68 anos de idade, apresenta eritrodermia esfoliativa com prurido moderado a intenso, hipertensão arterial e doença coronariana controladas com uso de medicações. A conduta mais adequada até elucidação diagnóstica é:
Quais dados clínicos caracterizam lesões cutâneas hipercrômicas suspeitas de malignidade?
Durante jogo de futebol, rapaz de 22 anos de idade sofre traumatismo com inversão de tornozelo esquerdo e é levado ao pronto-socorro. Quatro horas após o trauma, apresenta claudicação antálgica, edema moderado do tornozelo e dor à palpação na região distal ao maléolo lateral de moderada intensidade. Refere-se dor tolerável ao apoiar o pé no chão e ao fazer a dorsoflexão e flexão plantar forçada do tornozelo. A conduta é:
Compartilhar