Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Cardiologia

Paciente do sexo masculino, 50 anos, apresentando dor retroesternal há 4 semanas com investigação cardiológica normal. Nesse caso, qual exame solicitar e por quê?

A
Mais de uma correta.
B
Endoscopia Digestiva Alta para investigação de esofagite.
C
PHmetria de 24 horas para investigação de refluxo gastro-esofágico com sintoma atípico.
D
Manometria esofágica para investigação de distúrbio de motilidade (esôfago em quebra-nozes e espasmo difuso do esôfago).
E
Iniciar tratamento clínico com bloqueador de canal de cálcio ou vasodilatador, pois estão indicados tanto para isquemia miocárdica quanto para distúrbios de motilidade esofágica.
Um homem diabético insulinodependente procura seu consultório devido à anemia microcítica e hipocrômica, com saturação da transferrina e ferritina baixas. Dentre os inúmeros exames que portava, destacam-se a presença de anticorpos contra endomíseo, gliadina e peroxidase da tireoide. Dentre as citadas, a melhor conduta para definição diagnóstica seria:
Um homem com 68 anos de idade, hipertenso há 20 e diabético há 4 anos, sofre acidente com água fervendo que compromete 8 % de sua superfície corporal e atinge a epiderme e a derme profunda, com formação de bolhas hemorrágicas. Assinale a conduta mais adequada.
Em consulta pré-natal, o obstetra solicita a paciente com idade gestacional de 36 semanas e diagnóstico de doença hipertensiva específica de gestação, o exame de cardiotocografia basal para análise da vitalidade fetal. Com base nos parâmetros analisados do exame, o feto foi classificado como ativo. Esses parâmetros, que constituem o índice cardiotocográfico, são:
Paciente de 54 anos, casada, VII Gesta Para (6 partos normais), agenda consulta no ambulatório de ginecologia por sangramento genital persistente, que adquiriu odor fétido nos últimos 2 meses. Ao exame ginecológico especular, o colo uterino tinha anatomia alterada em virtude de lesão vegetante, sangrante ao toque da pinça de Cherron. Ao toque bimanual, o útero e ovários tinham volumes normais, esperados para a idade da paciente. Ao toque retal havia um abaulamento extrínseco anterior, e o paramétrio estava fortemente endurecido, com nodulações até a pelve óssea. Submetida à biópsia dirigida do colo uterino, o resultado foi de carcinoma epidermoide invasivo.
Compartilhar