Questões na prática

Otorrinolaringologia

Paciente do sexo masculino, 55 anos, usuário de álcool e tabaco há 38 anos, apresenta tumoração em cavidade oral, irregular, endurada, fixa, dolorosa, que causa disfagia e sensação de corpo estranho. Informa emagrecimento de 10 Kg nos últimos 2 meses. Foi submetido à biópsia da tumoração cujo histopatológico concluiu tratar-se de lesão maligna, a mais frequente nesta topografia. Qual o provável tipo histológico?

A
Linfoma Hodgkin.
B
Carcinoma papilífero.
C
Linfangioma.
D
Adenocarcinoma.
E
Carcinoma epidermoide.
Paciente de 2 anos com história de fezes amolecidas, volumosas e brilhantes 8x/dia. História pregressa de 3 episódios de pneumonia. Ao exame: peso e estatura abaixo do 3º percentil. Hemograma: Hb = 12, leucócitos 2.500, 2% bastões, 10% segmentados, 2% eosinófilos, 86% linfócitos, plaquetas 250.000. Radiografia de ossos longos demonstra condrodisplasia metafisária. Qual o diagnóstico?
Assinale a alternativa que apresenta um medicamento que NÃO é utilizado para profilaxia da migrânea.
Com relação à cefaleia na sala de emergência, identifique se as afirmativas a seguir são verdadeiras (V) ou falsas (F). ( ) Pode ser primária ou secundária, sendo necessário exame complementar para classificá-la. ( ) As cefaleias mais frequentes na emergência são as do tipo migrânea e tensional, que podem receber o mesmo tratamento agudamente. ( ) Se acompanhadas de sinais autonômicos, frequentemente são secundárias. ( ) Se associada à náuseas e vômitos, deve ser investigada. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
Uma paciente de 50 anos de idade que já foi submetida à quimioterapia sistêmica para linfoma apresenta hematúria macroscópica. O agente quimioterápico que pode causar cistite hemorrágica é:
Compartilhar