Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Paciente em investigação de infertilidade primária se recusa a realizar o exame de histerossalpingografia solicitado pelo médico assistente. A mesma alega que o exame é muito doloroso e já havia recebido o diagnóstico de Síndrome Anovulatória Crônica há 05 (cinco) anos. Sobre o caso pode–se afirmar:

A
Como já se tem etiologia confirmada para a infertilidade pode-se proceder a indução da ovulação e reservar a histerossalpingografia para as falhas terapêuticas;
B
A histerossalpingografia pode ser substituída pela histeroscopia sob narcose;
C
Caso a paciente opte por tratamento com indução da ovulação associada à inseminação intrauterina pode-se abdicar do exame;
D
Deve-se orientar a paciente que a histerossalpingografia é exame indispensável para o adequado manejo do casal infértil.
Criança do sexo masculino com 28 dias de vida é internada com febre, irritabilidade e eritema generalizado há aproximadamente 24 horas. A mãe informa que o eritema teve início ao redor dos lábios e narinas. Após 24 horas de internação, a pele começa a se desprender, com formação de bolhas flácidas, e grandes áreas erosadas começam a ser observadas, principalmente nas dobras axilares, cervicais e inguinais. O diagnóstico provável é:
Com relação ao diagnóstico da infecção pelo vírus da hepatite C é CORRETO afirmar:
Adolescente, 14 anos de idade, sexo feminino, é levada ao serviço de saúde porque há 2 horas encontra-se sonolenta e taquipneica. Ao exame físico, apresenta-se letárgica, com FC = 100 bpm; FR = 45 ipm; PA = 110/70 mmHg e escala de coma de Glasgow de 10. A ausculta respiratória e cardíaca são normais. A gasometria arterial revela: pH: 7,50; PO2: 90 mmHg; PCO2: 20 mmHg; Bicarbonato: 16 mEq/L; Base Excess: -9; Na+: 140 mEq/L, K+: 4,5 mEq/L, Cl-: 103 mEq/L. O diagnóstico do (s) distúrbio (s) ácido-base e sua causa provável são:
Com respeito ao etilismo, assinale a alternativa CORRETA:
Compartilhar