Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Reumatologia

Paciente feminina, 18 anos, é levada à consulta por apresentar, há mais ou menos seis semanas, dor nos joelhos e tornozelos, edema em ambas as mãos e febre intermitente com perda de peso. Exceto pelo edema nas mãos, o exame físico é normal. Três anos antes dessa consulta, apresentou trombocitopenia, tendo sido feito, à época, o diagnóstico de púrpura trombocitopênica idiopática. Depois de ter recebido esse diagnóstico, num verão, desenvolveu lesões na pele, após exposição solar e, em outra ocasião, apresentou feridas na boca. Atualmente, tem hematócrito de 25% com teste de Coombs positivo e exame de urina com múltiplas hemácias. De posse desses dados, conclui-se que o diagnóstico mais provável é:

A
artrite reumatoide juvenil.
B
púrpura trombocitopênica idiopática.
C
síndrome de Evans.
D
lúpus eritematoso sistêmico.
E
periartrite.
A síndrome de Down é a patologia genética mais comumente encontrada na prática pediátrica. Complicações clínicas são, com frequência, associadas a esta síndrome. A complicação mais frequentemente encontrada é:
A respeito do paciente queimado, é INCORRETO afirmar:
A medida mais importante na profilaxia da embolia gordurosa associada ao trauma é:
Em relação aos efeitos sistêmicos do pneumoperitônio utilizado na laparoscopia, pode-se afirmar:
Compartilhar