Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Paciente feminina, 47 anos, previamente hígida, deu entrada, no pronto atendimento, às 20 horas, com história de dor em hipocôndrio direito de forte intensidade, de início pela manhã do mesmo dia, associado à náusea e vômitos biliosos. Nega episódios semelhantes anteriores. Nega comorbidades associadas. Ao exame físico, a paciente mostra-se estável hemodinamicamente, anictérica, com dor à palpação abdominal em quadrante superior direito e sinal de Murphy positivo. O restante do exame físico apresenta-se sem alterações. Referente ao provável diagnóstico do enunciado acima, assinale a alternativa CORRETA:

A
A paciente referida apresenta quadro clínico compatível com cólica biliar – dor biliar, podendo ser liberada sem maiores investigações. Deverá apenas ser submetida à analgesia intra-hospitalar e receber alta com orientações dietéticas.
B
O sintoma mais importante de um quadro de colecistite aguda é a dor. Ao contrário da cólica biliar, a dor da colecistite aguda persiste por mais de seis horas.
C
A colangioressonância é o exame diagnóstico de escolha no caso de colecistite aguda e sempre deverá ser realizado na investigação desse quadro clínico.
D
A prioridade do tratamento da colecistite aguda é o uso de antibióticos parenterais, sendo o tratamento cirúrgico uma segunda opção.
E
A colecistectomia no caso de um quadro de colecistite aguda não deverá ser realizada precocemente pelo risco aumentado de lesão de vias biliares nesses casos.
A principal camada da parede do esôfago para anastomoses digestivas é:
Sobre as poliposes e os tumores do cólon é correto afirmar: I - a síndrome de Peutz-Jeghers acomete o intestino delgado, sendo provocada por pólipos adenomatosos com alto potencial de malignização. II - doenças como a retocolite ulcerativa e o megacólon são fatores de risco para o carcinoma coloretal. III - a polipose familiar é formada por adenomas com alto potencial maligno. IV - As síndromes de Gardner e de Turcot são formadas por hamartomas sem potencial de malignidade.
Paciente de 25 anos com história de dor torácica súbita, encontra-se chocado (PA de 70/30 mmHg e frequência cardíaca de 120 bat/min) com enfisema subcutâneo na região cervical, sem lesões aparentes dos lábios ou da boca. Qual seria a principal suspeita diagnóstica:
Os indivíduos com síndrome coronariana aguda (SCA) representam um espectro de pacientes, desde aqueles com angina instável até aqueles com infarto do miocárdio sem elevação do segmento ST. Com base nisso responda a alternativa incorreta.
Compartilhar