Questões na prática

Clínica Médica

Reumatologia

Paciente feminina, 81 anos, em tratamento ambulatorial por osteoporose, leu em revista semanal que, atualmente, existem vários tratamentos possíveis para sua condição. Refere já ter lido um pouco sobre cada um deles, mas, junto com sua filha, procura orientação sobre os efeitos colaterais que podem ocorrer com o uso dessas medicações. Com base no conhecimento dos efeitos colaterais esperados para os medicamentos abaixo listados, numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a coluna da esquerda.1. Bisfosfonatos orais. 2. Bisfosfonatos parenterais. 3. SERMs*. 4. Ranelato de estrôncio. 5. Teriparatida. ( ) Aumento da ocorrência de “fogachos”. ( ) Aumento do risco de fibrilação atrial e febre. ( ) Elevada incidência de sintomas gastrointestinais. ( ) Pode causar dor muscular, fraqueza e vertigem. ( ) Pode causar pequeno aumento de incidência de trombose venosa profunda. *SERM (modulador seletivo do receptor estrogênico) Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta na coluna da direita, de cima para baixo.

A
2 – 1 – 3 – 4 – 5.
B
3 – 2 – 1 – 4 – 5.
C
3 – 2 – 1 – 5 – 4.
D
2 – 5 – 3 – 1 – 4.
E
4 – 1 – 2 – 5 – 3.
Cerca de 75% das crianças apresentam um episódio de otite média aguda no primeiro ano de vida. O uso racional de antimicrobianos tem reduzido a prescrição de antibiótico em casos selecionados. O tratamento atual da otite média aguda em crianças preconiza o seguinte:
Qual das opções abaixo apresenta 02 causas de demência reversível?
Um trabalhador de 33 anos foi vítima de queimadura elétrica de alta voltagem. A entrada da corrente elétrica foi na mão esquerda e a saída na panturrilha direita. A saída corresponde a uma área de queimadura de terceiro grau de cerca de 5 cm². Tem dor na perna direita, mas a perfusão é boa e o pulso pedioso é normal à palpação. Não se detectam alterações de sensibilidade nem de motricidade na perna afetada. Após 8 horas, contudo, a dor na perna aumenta muito e o pé fica pálido e frio. O pulso pedioso desaparece. O diagnóstico e a conduta, neste momento, são, respectivamente:
Menina de 12 anos sofreu um acidente na localidade de Conservatória, onde foi atendida com ferimentos na face e em um dos tornozelos. Ela é trazida ao Pronto Atendimento do H.E.L.G.J., 4 horas após a queda, com curativos na face e enfaixamento no tornozelo. Os curativos estão sujos de sangue, mas já não há sangramento ativo. Na face há um ferimento de 2 cm no supercílio e outro irregular de 3 cm na região maleolar à esquerda. No tornozelo há exposição do periósteo da fíbula. Nenhum dos ferimentos apresenta contaminação evidente. Em relação ao procedimento mais adequado, é correto afirmar que:
Compartilhar