Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Gastroenterologia

Endocrinologia

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Paciente feminina, com 35 anos, portadora de obesidade mórbida, com índice de massa corpórea (IMC) = 40 kg/m2 registrado por um período de dois anos, apresentou insucesso nos tratamentos conservadores realizados continuamente, por três anos. Apresentou também hipertensão arterial. Deverá ser submetida à operação disabsortiva. Relatou dúvidas em relação às diferenças entre as diversas técnicas disabsortivas. Dentre as alternativas abaixo, assinale a incorreta.

A
As operações disabsortivas podem ser puras e mistas.
B
As puras são aquelas que derivam grande extensão do jejuno e do íleo do trânsito alimentar, mantendo o estômago intacto.
C
As mistas são chamadas de derivações bileopancreáticas. Além de executar uma derivação jejuno-ileal em menor extensão, associam uma ressecção gástrica como fator restritivo adjuvante.
D
Ocorre redução da liberação de grelina pelo estômago excluso.
E
A gastrectomia é distal na técnica de Scopinaro e é vertical, com preservação pilórica e do bulbo duodenal, na técnica proposta por Hess e Marceau.
Qual dentre os sinais abaixo NÃO é considerado alerta para paralisia cerebral no primeiro semestre de vida:
Homem, 68a, com lesão enegrecida na extremidade do 2º artelho, após trauma ao cortar a unha. Exame físico: ausência de pulso poplíteo, hipotrofia de fâneros e da musculatura desse membro. A melhor hipótese diagnóstica é:
Um jovem de 18 anos, masculino, desenvolveu calafrios, febre e edema articular doloroso unilateral. Qual teste seria mais apropriado, a fim de ajudar a fazer o diagnóstico?
Em relação às doenças orificiais, assinale a alternativa INCORRETA.
Compartilhar