Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Gastroenterologia

Endocrinologia

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Paciente feminina, com 35 anos, portadora de obesidade mórbida, com índice de massa corpórea (IMC) = 40 kg/m2 registrado por um período de dois anos, apresentou insucesso nos tratamentos conservadores realizados continuamente, por três anos. Apresentou também hipertensão arterial. Deverá ser submetida à operação disabsortiva. Relatou dúvidas em relação às diferenças entre as diversas técnicas disabsortivas. Dentre as alternativas abaixo, assinale a incorreta.

A
As operações disabsortivas podem ser puras e mistas.
B
As puras são aquelas que derivam grande extensão do jejuno e do íleo do trânsito alimentar, mantendo o estômago intacto.
C
As mistas são chamadas de derivações bileopancreáticas. Além de executar uma derivação jejuno-ileal em menor extensão, associam uma ressecção gástrica como fator restritivo adjuvante.
D
Ocorre redução da liberação de grelina pelo estômago excluso.
E
A gastrectomia é distal na técnica de Scopinaro e é vertical, com preservação pilórica e do bulbo duodenal, na técnica proposta por Hess e Marceau.
Homem, 45 anos de idade com erupção cutânea e dor em pequenas articulações, há 1 ano. Refere hipertensão arterial controlada e que o pai apresentava alterações cutâneas semelhantes. Após o exame dermatológico, suspeitou-se de psoríase. Em relação a esta doença, é CORRETO afirmar:
Considere as informações colhidas durante a anamnese e os sinais clínicos observados ao exame físico especial: Identificação do Paciente: 1-homem, 58 anos de idade, fumante, alcoólatra, diabético; 2-mulher, 64 anos de idade, fumante passivo, hipertensa; 3-mulher, 44 anos de idade, não fumante e abstêmia; 4- homem, 40 anos de idade, não fumante, abstêmio, portador de leucoplasia de mucosa. Queixa-se de lesão na boca: I - Há 1 ano, assintomática; II - Há 6 meses, que passou a ser dolorosa há 30 dias; III - Dolorosa há 3 dias. É portador de: A - Lesão ulcero-vegetante de bordas elevadas; B - Lesão ulcerada com fundo com vegetações finas e pontilhado hemorrágico; C - Lesão ulcerada com granulações grosseiras; D - Fissuras transversais. Associe os números e as letras e indique o portador do câncer de boca:
Homem, 18 anos de idade, queixa-se de cefaleia frontal e dor em hemiface e região periorbital esquerda, iniciada há 10 dias, após resfriado. Faz uso há 04 dias de nimesulida. Mantém obstrução nasal acentuada à esquerda, halitose e febre diária e, há 24 horas, apresenta hiperemia e inchaço no olho esquerdo. Está em bom estado geral, com voz anasalada, temperatura 37,5°C e orofaringe com hiperemia difusa e secreção pós-nasal. Há edema e hiperemia palpebral à esquerda e dor a movimentação do olho esquerdo. Além do repouso, soro fisiológico nasal, manutenção do anti-inflamatório, a conduta, tipo de estudo por imagem dos seios da face e o diagnóstico, são:
Homem, 68 anos de idade, apresenta eritrodermia esfoliativa com prurido moderado a intenso, hipertensão arterial e doença coronariana controladas com uso de medicações. A conduta mais adequada até elucidação diagnóstica é:
Compartilhar