Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Pneumologia

Paciente feminino, 49 anos, emagrecimento de 8 kg nas últimas 4 semanas, insônia, tremores e labilidade emocional. Peso atual = 72 kg. Tireóide de tamanho normal, sem nódulos, móvel e de consistência fibroelástica. Exames laboratoriais: TSH 0,001 (referência: 0,4-4,0mUI/mL) e T4L 1,60 (referência: 0,8-1,9ng/dL). Anticorpo anti-tireoglobulina positivo. Captação tiroidiana nas 24h (I131): 20%. A PRINCIPAL HIPÓTESE diagnóstica é: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição

A
Tireotoxicose
B
Doença de Graves
C
Tireoidite subaguda
D
Administração exógena de levotiroxina
E
Nenhuma das alternativas acima (A, B, C ou D) está correta
Qual das opções abaixo NÃO correlaciona corretamente uma doença com as características clínicas correspondentes da dor?
Nos pacientes politraumatizados, que se apresentam na sala de emergência com hipotensão arterial sistêmica (PAS < 90 mmHg), qual o acesso venoso que deve ser implementado para garantir adequada reposição volêmica?
Em lesão maligna de pele cuja ressecção envolve grande perda supericial de tecido, sua reconstrução deve ser feita preferencialmente:
Com relação ao trauma abdominal, é correto dizer:
Compartilhar