Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Homem, 66 anos, com cirrose alcoólica. Encontra-se confuso nos últimos 3 dias. O exame do líquido ascístico revelou: leucócitos 200/mm3, com 80% de polimorfonucleares, e na cultura isolou-se Escherichia coli. As alterações observadas no líquido ascítico SUGEREM:

A
Peritonite bacteriana secundária.
B
Bacterascite.
C
Ascite neutrofílica.
D
Peritonite bacteriana espontânea.
E
Nenhuma das alternativas acima (A, B, C ou D) está correta.
Recém-nascida de parto normal, a termo, adequada para a idade gestacional, APGAR 8 e 9, com características de Síndrome de Turner. Apresenta no segundo dia de vida, taquidispneia, com tiragem intercostal, ritmo cardíaco regular em três tempos, frequência cardíaca elevada, sopro sistólico na região paraesternal esquerda no terceiro espaço intercostal, pressão arterial em membro superior direito elevada, fígado a 4 cm do rebordo costal direito. O diagnóstico mais provável é:
Escolar de quatro anos é atendido no pronto-socorro com diagnóstico de asma. Sua mãe relata tosse seca intermitente com sibilância, que começou na madrugada, acompanhada de febre com Tax 38°C. A mãe relata que esse quadro é recorrente e que ela, em seguidas noites, se vê na necessidade de levar seu filho para o atendimento pelas crises que se repetem. Considerando a hipótese diagnóstica das opções abaixo, é incorreto afirmar que:
Assinale o marcador sorológico da cirrose biliar primária:
Considere um paciente submetido à correção de hérnia inguinal indireta recidivada, técnica de Shouldice. Retorna ao ambulatório no pós-operatório, com dor testicular e edema no testículo. Qual a hipótese provável e a conduta mais apropriada?
Compartilhar