Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Reumatologia

Paciente G4P1A3 (3 abortamentos espontâneos entre 6-8 semanas seguidos de parto vaginal de feto morto com 28 semanas por DPPNI) chega ao consultório para consulta pré-natal com diagnóstico de síndrome do anticorpo antifosfolípide. Qual a melhor conduta no caso?

A
Suplementação de progesterona via vaginal até 12 semanas e AAS 100 mg/dia do diagnóstico até o final da gestação.
B
Enoxaparina 40 mg/dia + AAS 100 mg/dia do diagnóstico até o final da gestação.
C
Enoxaparina 40 mg/dia no 1° e 3° trimestre e warfarin 5 mg/dia no 2º trimestre + AAS 100 mg/dia toda a gestação.
D
Warfarin 5 mg/dia + AAS 100 mg/dia do diagnóstico até o final da gestação.
E
AAS 100 mg/dia a partir de 14 semanas até o final da gestação.
Quais são os achados oftalmológicos que estão presentes na síndrome da Neoplasia Endócrina Múltipla tipo 2b (NEM2b)?
Lactente, 4 meses, apresenta baixo ganho de peso, dispneia às mamadas, cianose ungueal e labial e sopro sistólico em borda esternal esquerda. A provável cardiopatia congênita é:
Com relação às doenças respiratórias e infecciosas, julgue o item a seguir. A perda auditiva induzida por ruído, causada por agentes como ruído industrial e produtos químicos, geralmente é bilateral, possui natureza neurossensorial e, uma vez instalada, é incurável.
No que concerne à atenção à saúde da criança, julgue o próximo item. Caso a criança tenha dor de ouvido, a suspeita de otite média aguda deve ser considerada. Além disso, a presença de abaulamento e hiperemia da membrana timpânica são os dois sinais mais importantes no diagnóstico diferencial quando a cultura de secreção é negativa.
Compartilhar