Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Reumatologia

Paciente G4P1A3 (3 abortamentos espontâneos entre 6-8 semanas seguidos de parto vaginal de feto morto com 28 semanas por DPPNI) chega ao consultório para consulta pré-natal com diagnóstico de síndrome do anticorpo antifosfolípide. Qual a melhor conduta no caso?

A
Suplementação de progesterona via vaginal até 12 semanas e AAS 100 mg/dia do diagnóstico até o final da gestação.
B
Enoxaparina 40 mg/dia + AAS 100 mg/dia do diagnóstico até o final da gestação.
C
Enoxaparina 40 mg/dia no 1° e 3° trimestre e warfarin 5 mg/dia no 2º trimestre + AAS 100 mg/dia toda a gestação.
D
Warfarin 5 mg/dia + AAS 100 mg/dia do diagnóstico até o final da gestação.
E
AAS 100 mg/dia a partir de 14 semanas até o final da gestação.
Paciente com quadro de Anemia microcítica e dosagem de ferritina normal, têm provavelmente?
O desenvolvimento da retinopatia da prematuridade, importante causa de cegueira, está associado aos seguintes fatores de risco, EXCETO:
Homem de 53 anos com doença renal crônica, estágio final, secundário a Diabetes Mellitus tipo I. Encontra-­se em uma visita de seguimento. Ele submeteu-­se a revascularização do miocárdio há 02 anos. Exame físico normal, exceto pela presença de retinopatia diabética. Sua taxa de filtração glomerular estimada é de 25 ml/min/1,73 m². Qual das seguintes opções de tratamento é associado com a melhor chance de sobrevivência e melhor qualidade de vida neste cenário clínico?
As drogas usadas no tratamento inicial da tuberculose pulmonar são:
Compartilhar