Questões na prática

Oftalmologia

Paciente lavrador, com baixa acuidade visual após trauma corneano com vegetais e, ao exame oftalmológico, apresenta ulceração corneana com secreção. Estão contraindicados:

A
Cicloplégicos.
B
Analgésico via oral.
C
Antifúngicos tópicos.
D
Antibióticos tópicos.
E
Corticoides tópicos.
Uma menina de 2 meses de idade apresenta desde o nascimento epífora de ambos os olhos, exsudato mucopurulento abundante principalmente ao acordar. A mãe se queixa de estar sempre limpando os olhos da criança e que está sendo pressionada pelas avós pela manutenção até então do problema. Ao exame ocular, encontramos crosta amarelada bilateral em pálpebras inferiores, conjuntivas sadias e sem hiperemia, movimentação ocular extrínseca e intrínseca preservadas. Qual o provável diagnóstico da criança?
São complicações da tireoidectomia total: 1. hipocalcemia, lesão do nervo laríngeo-recorrente. 2. hipercalcemia, lesão do nervo laríngeo-recorrente. 3. sangramento, rouquidão. Está(ão) correta(s):
Criança de 7 anos, sexo masculino, é trazida com queixa de dor persistente em quadril D há 3 semanas, apresentando claudicação. Não teve febre, nem história de trauma ou de esforço físico exagerado. Ao exame físico, apresenta limitação da movimentação do quadril. A principal hipótese diagnóstica é:
Sobre fisiologia genital assinale o grupo de assertivas totalmente incorretas: 1- O ovário responde ao GnRH de forma seqüencial e definida para produzir o crescimento folicular, ovulação e formação do corpo lúteo. 2- Existe vários níveis de “feed-back” para o hipotálamo que são conhecidos como de alças longas, curtas e ultracurtas. 3- A secreção pulsátil contínua de GnRH é necessária devido à sua meia vida (clivagem proteolítica em até 4 minutos) 4- As endorfinas estimulam a secreção de GnRH, hipotalâmico e, portanto, a secreção de FSH e LH 5- O GnRH controla a secreção do FSH, LH e PRL.
Compartilhar