Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Paciente masculino, 47 anos, chega ao hospital queixando-se de dor abdominal generalizada, de forte intensidade, tipo cólica, com intervalos de 15 minutos. Sente náuseas, nega vômitos e evacuou há 12 horas. Apresenta-se taquicárdico, hipotenso, abdome distendido, com cicatriz cirúrgica antiga sobre o ponto de McBurney. Avaliação bioquímica mostra hematócrito 47%, 9.000 leucócitos, Na 130, K 2,9, creatinina 2,1 e amilase 643 UI. Levando-se em consideração o quadro acima, assinale a alternativa INCORRETA.

A
Ausência de vômitos não descarta oclusão intestinal completa.
B
A cicatriz cirúrgica pode estar relacionada à etiologia do quadro atual.
C
Trata-se, mais provavelmente, de oclusão intestinal baixa.
D
Exclui-se sofrimento vascular do intestino pela ausência de leucocitose.
E
Há sinais evidentes de perdas para o terceiro espaço.
Assistência adequada ao parto é fundamental para o bom prognóstico materno-fetal. Acerca desse assunto julgue o item que se segue. A episiotomia é uma incisão realizada na vagina e períneo com objetivo de alargar a passagem do feto durante o trabalho de parto e, quando indicada, deve ser executada após o pólo fetal distender o períneo e lesar superficialmente a pele.
A partir de 2002 a organização mundial da saúde vem recomendando uma solução que, comparada com a solução de reidratação oral tradicionalmente utilizada desde a década de 1980, apresenta:
Paciente de 25 anos procurou atendimento com médico com náuseas, vômitos, icterícia, dor abdominal em hipocôndrio D e febre de instalação há cinco dias. Durante esse período fez uso de paracetamol e vários anti-inflamatórios para alívio da febre. Os exames laboratoriais mostram: HBsAg negativo, Anti-HbC IgM negativo, Anti-HbC IgG positivo, Anti-Hbs positivo, anti-HVA IgG positivo, TGP 500 U/L (limite superior da normalidade: 40 U/L), TGO 346 U/L (limite superior da normalidade: 36 U/L). O ultrassom abdominal é compatível com hepatomegalia. Qual o diagnóstico mais provável?
As osteocondroses são frequentes na idade escolar e na adolescência, sendo causas de dores nos membros inferiores. A que acomete a tuberosidade anterior da tíbia é conhecida como:
Compartilhar