Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Paciente masculino, 47 anos, chega ao hospital queixando-se de dor abdominal generalizada, de forte intensidade, tipo cólica, com intervalos de 15 minutos. Sente náuseas, nega vômitos e evacuou há 12 horas. Apresenta-se taquicárdico, hipotenso, abdome distendido, com cicatriz cirúrgica antiga sobre o ponto de McBurney. Avaliação bioquímica mostra hematócrito 47%, 9.000 leucócitos, Na 130, K 2,9, creatinina 2,1 e amilase 643 UI. Levando-se em consideração o quadro acima, assinale a alternativa INCORRETA.

A
Ausência de vômitos não descarta oclusão intestinal completa.
B
A cicatriz cirúrgica pode estar relacionada à etiologia do quadro atual.
C
Trata-se, mais provavelmente, de oclusão intestinal baixa.
D
Exclui-se sofrimento vascular do intestino pela ausência de leucocitose.
E
Há sinais evidentes de perdas para o terceiro espaço.
Num paciente sabiamente portador de DPOC, que se apresenta com dispneia no serviço de emergência, qual a forma de observação de descompensação na gasimetria?
Nos pacientes graves com quadro de choque séptico, que nível mínimo de hemoglobina deve ser mantido?
Para a definição de morte encefálica, os critérios abaixo são fundamentais:
A denominação de hepatite fulminante é dada à insuficiência hepática aguda grave caracterizada pelo aparecimento de encefalopatia hepática, na ausência de comprometimento prévio conhecido de função hepática. Sobre hepatite fulminante, assinale a alternativa incorreta:
Compartilhar