Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Hematologia

Hepatologia

Paciente masculino, 52 anos, obeso mórbido, queixa-se de dor abdominal recorrente há 2 meses de média intensidade, em hipocôndrio direito, que piora com a ingesta de alimentos gordurosos. Nega icterícia, colúria ou acolia. Traz ecografia abdominal demonstrando presença de cálculo em vesícula biliar, único, de aproximadamente 3cm de diâmetro e lesão polipóide da parede da vesícula biliar, móvel, de 1cm de diâmetro. Assinale abaixo a alternativa incorreta:

A
Os cálculos biliares compostos predominantemente por colesterol são os mais frequentes.
B
São fatores predisponentes para a formação de cálculos biliares pigmentados a cirrose, estase biliar e hemólise crônica.
C
Pacientes com colelitíase assintomática que apresentam cálculos maiores que 2cm ou uma vesícula biliar calcificada têm indicação cirúrgica.
D
Define-se colesterolose da vesícula biliar como a lesão consequente ao acúmulo de ésteres de colesterol nos macrófagos da mucosa e submucosa da parede vesicular.
E
Portadores de obesidade mórbida tem incidência de colelitíase maior do que os índices gerais da população e esta incidência diminui naqueles que se submetem a tratamento cirúrgico da obesidade.
O "teste do coraçãozinho" é um exame simples, indolor, rápido e que deve fazer parte da triagem de rotina de todos os recém-nascidos, pois é importante para o diagnóstico precoce de uma cardiopatia congênita crítica. O teste consiste na realização de oximetria de pulso
O assim chamado “Teste do pezinho” recomendado pelo Ministério da Saúde é teste preventivo para quais patologias?
Sobre as patologias cirúrgicas na infância, assinale a alternativa correta:
Alguns neonatos podem apresentar um shunt clinicamente significativo, causado pela Persistência do Canal Arterial (PCA). Constitui-se em causa atraso no fechamento do PCA:
Compartilhar