Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Com relação aos antimicrobianos, assinale a afirmativa incorreta:

A
Os betalactâmicos constituem um grupo de antibióticos que têm como mecanismo de ação a inibição da síntese da parede celular.
B
O grupo das quinolonas, amplamente utilizado em nosso meio, tem como mecanismo de ação a inibição da DNA girase, comprometendo o espiralamento do DNA.
C
O uso de inibidores de beta-lactamase (sulbactam, ácido clavulânico) associados a um beta-lactâmico favorece o tratamento de infecções por estafilococos oxa-sensíveis, alguns gram-negativos produtores de betalactamase e anaeróbios.
D
As cefalosporinas de terceira geração apresentam uma cobertura superior contra bactérias gram-negativas, quando comparado às cefalosporinas de primeira e segunda geração.
E
O uso de uma fluorquinolona (levofloxacin/moxifloxacin) ou de um macrolídeo (azitromicina) não é indicado como droga isolada em pneumonias comunitárias não complicadas.
A.M.R.B., 22 anos, GIIPIA0, na 14ª semana de gestação realizou pesquisa de anticorpos pelo ELISA onde os resultados obtidos foram: IgM negativo e IgG positivo para rubéola; IgM negativo e IgG positivo para citomegalovírus; IgM positivo e IgG positivo para toxoplasmose. Sobre estes resultados é possível afirmar: I. Há imunidade materna para rubéola, toxoplasmose e citomegalovirose; II. Há risco de infecção fetal pelo citomegalovírus; III. Deve ser efetuado o teste de avidez da IgG para toxoplasmose e caso demonstre baixa avidez, orientar à gestante que trata-se de infecção pré-gestacional; IV. Há risco de infecção fetal pela rubéola. Quais são as corretas ?
Roberto, 40 anos, tem viagem planejada há um ano com sua família para Disneylândia no próximo mês. Embora assintomático, procura seu médico para se certificar de que está bem.Tabagista de 40 maços/ano. O exame físico é normal, mas a radiografia de tórax apresenta nódulo pulmonar, de margens circunscritas, medindo menos de 1 cm em seu maior diâmetro, calcificado, localizado em lobo superior direito. O mesmo exame, realizado há 6 meses em avaliação periódica no emprego, mostrava lesão com características idênticas. A citologia oncótica do escarro é negativa. A investigação de possível tuberculose em atividade:
Vinicius, 45 anos, é empresário e viajará para Manaus a trabalho por 6 meses. Queixa-se de rouquidão pela manhã e azia há 4 anos. Sua mãe contava que ele apresentava episódios de diarreia na infância, acompanhados de distensão abdominal, cólica e assaduras (dermatite) persistentes. Na época foram retirados de sua alimentação o leite e seus derivados, sendo permitido o uso de iogurte. Evoluiu sem sintomas até a adolescência quando abandonou a dieta. Ao exame físico está eutrófico. Foram prescritos alguns medicamentos sintomáticos e inibidor de bomba de próton (IBP), proposta a investigação diagnostica e a profilaxia de doenças do viajante Vinicius está assintomático após um mês de tratamento diário com IBP. A endoscopia digestiva mostra esôfago de Barret e a histopatologia afasta displasia. A esofagomanometria revela pressão normal do esfíncter esofagiano inferior e ausência de distúrbios motores. A esofagomanometria é exame:
Heloísa, 24 anos, gesta III, para 0, aborto II (duas perdas fetais no 2º trimestre), atualmente na 34ª semana de gestação, procura a emergência com cólica, dores em membros inferiores e perda líquida há duas horas, sem sangramento. No exame obstétrico inicial, observa-se líquido amniótico claro e sem grumos saindo pela vagina. Nos membros inferiores nota-se trombose venosa profunda (TVP). Na enfermidade responsável pelas perdas fetais, também podemos encontrar:
Compartilhar