Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Paciente masculino, 62 anos, tabagista e tossidor crônico, apresenta há três dias aumento da secreção pulmonar, que se apresenta espessa e amarelada, febre alta, chiado e dispneia. Ao exame, apresenta-se em mau estado geral, taquipneico, T = 38 ºC, cianose de extremidades ++/4; Extremidades quentes, FC = 114 bat/min; PA = 9 x 6 mmHg. Aparelho Respiratório: Estertores creptantes em bases, roncos e sibilos. Aparelho Cardiovascular: BRNF sem sopros. MMII: Sem edemas. Gasometria arterial em ar ambiente: pH = 7,22; pCO2 = 38 mmHg; pO2 = 68 mmHg; Sat O2 = 82%; HCO3 = 10 mEq/L e BE = –10 mEq/L Em relação à gasometria, pode-se afirmar:

A
acidose metabólica com compensação renal adequada.
B
acidose metabólica com compensação respiratória adequada.
C
alcalose metabólica com compensação respiratória adequada.
D
acidose respiratória com compensação renal adequada.
E
acidose mista, acidose metabólica e respiratória.
RN prematuro, 31 semanas, muito baixo peso, no 3º dia de vida, encontra-se com balanço hídrico positivo, pulso amplos, taquicardia, taquipneia, hiperfluxo pulmonar, hepatomegalia e acianótico. O diagnóstico provável é:
Paciente do sexo feminino, 92 anos, sem antecedentes de doença cardiovascular apresenta dor crônica de joelho direito. Ao exame físico, observa-se aumento de calor e volume de joelho direito, atrofia significativa da coxa direita, limitação para extensão completa da articulação e presença de crepitação. Raio X de joelho D mostra diminuição do espaço articular, osteófitos e esclerose subcondral. Qual o diagnóstico mais provável?
Assinale a afirmativa incorreta:
Pacientes de 54 anos fez mamografia há 15 dias, que mostrou nódulo neoformado de 5 mm isodenso, fez ultrassom que mostrou tratar-se de nódulo cístico homogêneo de bordos regulares, história familiar de mãe com câncer de mama aos 84 anos. Qual a melhor conduta?
Compartilhar