Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Paciente masculino de 35 anos admitido no PS, deambulando com dificuldade, confuso, sem familiares para relatar sobre medicações, drogas ilícitas e doenças prévias. Na avaliação inicial apresentou Glasgow 13, LCR normal, RX de tórax e tomografia de abdome sem alterações. Sem lesões em pele e sem sinais de emagrecimento. PA 140/80 mmHg, FC 135 bpm, temp. 40,5ºC, FR 20 ipm. Hemograma e PCR normais. Dentre as possíveis causas desse quadro, NÃO é compatível com a clínica do paciente:

A
Uso de metoclopramida por 10 dias, que levou a síndrome neuroléptica maligna;
B
Uso abusivo de Methylenedioxymethamphetamine (MDMA) – "ecstasy";
C
Tentativa de suicídio com dose elevada de Ácido Acetilsalicílico (AAS);
D
Hemorragia cerebral;
E
Uso abusivo de álcool nas últimas horas.
Jovem de 35 anos com quadro de derrame pleural, após toracocentese e análise do líquido pleural com o seguinte padrão: proteínas totais (5,5), DHL (460); Exames laboratoriais de amostra sangue, proteínas totais (4,5), DHL (205). Qual a provável etiologia para o derrame, considerando os critérios de LIGHT?
A terapia física complexa, compressão elástica e inelástica, deve ser mais bem utilizada no tratamento:
A hérnia direta recorrente corresponde, na classificação de Nyhus para as hérnias da virilha, ao:
Dentre as situações clínicas abaixo citadas, indique a que tem indicação de toracotomia de urgência.
Compartilhar