Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Hematologia

Otorrinolaringologia

Paciente masculino, de 55 anos, é hipertenso, em uso de anti-hipertensivos e AAS. Procura atendimento médico devido a primeiro episódio de epistaxe, a qual não cessou com medidas caseiras, como gelo local. Ao exame, apresenta: ritmo cardíaco regular; PA=220/140 mmHg; FC=90 bpm; sangramento nasal, não sendo possível identificar sua origem. Dentre as condutas abaixo, qual a mais adequada?

A
Normalizar a pressão arterial, suspender AAS e reavaliar necessidade de tamponamento.
B
Realizar temponamento anterior com fita gaze esterelizada com vaselina ou cortando-se o dedo de uma luva cirúrgica, preenchendo seu interior com esponja, e lubrificando-o com vaselina ou pomada antibiótica.
C
Encaminhar para um otorrinolaringologista e hematologista.
D
Realizar pressão digital do nariz para controlar o sangramento ativo e iniciar investigação laboratorial: hemoglobina, plaquetas, TP, TTP e tempo de sangramento.
E
Realizar tamponamento anterior, reduzir pressão arterial e iniciar reposição volêmica.
O tipo de HPV com potencial oncogênico é o:
Paciente feminina, 35 anos de idade, casada, gestante, chega à emergência obstétrica com queixas de sangramento vaginal e dor pélvica. Refere estar em acompanhamento pré-natal. Ecografia obstétrica registrada na carteira da gestante, realizada há 5 dias, refere gestação única, com idade gestacional de 12 semanas. Ao exame físico, apresenta sangramento vaginal e colo aberto e sem presença de batimentos cardíacos fetais (BCFs). Em relação ao caso clínico, qual o principal diagnóstico e a conduta mais adequada?
A respeito do tratamento da claudicação intermitente decorrente de obstrução arterial crônica do membro inferior, é CORRETO afirmar:
Sobre carcinoma gástrico, assinale a alternativa correta.
Compartilhar