Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Nefrologia

Paciente masculino, de 72 anos, relata história de dificuldade miccional progressiva. Refere episódios de retenção urinaria aguda no passado, resolvidos espontaneamente. Qual das afirmativas abaixo NÃO pode ser considerada correta para esse caso?

A
O diagnóstico mais provável é hiperplasia de próstata.
B
Deve-se considerar o toque retal para avaliar as características da próstata e diferenciação com carcinoma prostático.
C
A ultrassonografia abdominal mostra aumento da próstata fazendo protrusão no interior da bexiga junto ao colo vesical, típica de obstrução urinária baixa.
D
Deve-se questionar o paciente sobre a existência de calafrios, prostração, febre e dor ao toque retal, para diferenciar com prostatite aguda.
E
A presença de divertículo vesical grande está frequentemente associada com o quadro apresentado pelo paciente.
Frustrada no sonho de tornar-se campeã olímpica, uma ex-atleta divorciada não relutava em gastar boa parte do salário de frentista em puxados exercícios para "sua princesa" de 11 anos. Numa sessão de ginástica, por desatenção momentânea, a menina acidentou-se e precisou interromper os treinamentos. De modo corrente, os esportes se associam a lesões orgânicas de naturezas variadas e, dentre os seguintes pares, o que se revela inabitual e atípico é:
Ivo, 52 anos, refere disfunção erétil desde uma ressecção abdominoperineal devido à câncer retal, cujo estadiamento era T3, N0, M0. Ele refere não conseguir se masturbar ou ter ereções noturnas. A ocorrência de disfunção erétil independente de parceiros. Sua disfunção erétil é mais provavelmente decorrente de:
Gabriel, 30 anos, procura a Unidade de Saúde da Família com queixa de hiperemia conjuntival, dor ocular, náuseas e cefaleia. Ao exame nota-se injeção ciliar, edema de córnea, pupila em discreta midríase paralítica. Qual o diagnóstico de Gabriel?
No tocante à classificação das operações quanto ao grau de contaminação, colecistectomia de urgência por videocirurgia devido colecistite aguda necrotizante; colectomia esquerda eletiva com preparo intestinal apropriado; herniorrafia epigástrica e cirurgia bariátrica mista por vídeo, são classificadas como:
Compartilhar