Questões na prática

Cirurgia

Ortopedia

Ortopedia

Paciente masculino, vítima de acidente automobilístico, clinicamente estável com fratura do planalto tibial e lesão extensa de artéria e veia poplítea. A melhor alternativa cirúrgica é:

A
Restauração arterial e ligadura venosa.
B
Ligadura arterial e ligadura venosa.
C
Restauração arterial e venosa com prótese.
D
Restauração arterial com veia e venosa com prótese.
E
Restauração arterial e venosa com safena.
Os antídotos para acetaminofen, inseticidas organofosforados, sulfato ferroso e benzodiazepínicos são, respectivamente:
Um estudante de seis anos de idade, é trazido à Emergência hospitalar apresentando dor abdominal, inicialmente epigástrica e, posteriormente, em flanco direito. Apresenta quadro de febre (38,5 °C), distensão abdominal e vômitos. O quadro iniciou-se há pouco mais de 24 horas, com piora progressiva. A família relata história de episódios de fezes escuras com odor fétido desde quando era lactente. Ao exame físico, demonstrou dor à palpação do flanco direito, mais intensa em fossa ilíaca direita. A ausculta abdominal indicou ruídos hidroaéreos metálicos intervalados por períodos de ausência de ruídos. Ele foi internado. Foram realizados alguns exames, com os seguintes resultados: Leucócitos = 16.500/mm³ (VR: 5.500 - 6.500/mm³); Neutrófilos = 11.000/mm³; Bastões = 1.700/mm³; A radiografia do abdome evidenciou dilatação e edema de alças do intestino delgado com nível hidroaéreo. O ultrassom abdominal resultou sugestivo de abscesso em região de íleo terminal. A principal hipótese diagnóstica e a conduta recomendada diante desse quadro são, respectivamente,
No 5º minuto de vida, um recém-nascido apresenta-se com frequência cardíaca abaixo de 100 bpm, choro fraco, cianose de extremidade, tônus muscular flácido e irritabilidade externa ausente. Podemos considerar um escore de Apgar para esse RN:
Paciente de 12 anos, com escoliose idiopática do adolescente, com radiografias mostrando curva torácica à D, com ângulo de Cobb de 30 graus. Apresenta grande potencial de crescimento, com sinal de Risser grau 1. O tratamento mais indicado é:
Compartilhar