Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Paciente na 29ª semana de gestação é admitida com diagnóstico de dor abdominal aguda intensa. Ao exame a paciente encontrava-se hipertensa, com hipertonia uterina e taquicardia fetal. O médico observou que a toque a dilatação cervical encontrava-se em 3 cm e realizou amniotomia com saída de líquido amniótico sanguinolento. Em relação a amniotomia pode-se dizer que a conduta foi:

A
errada, pois acentuou o sangramento e possivelmente induziu a sofrimento fetal que poderia culminar com asfixia grave do concepto
B
errada, pois além de expor o feto a processo infeccioso tornou o parto iminente impedindo a administração de tocolíticos e corticosteroides
C
errada, pois possivelmente essa conduta acarretará distúrbios hemodinâmicos e expôs a paciente a risco de fenômenos embólicos
D
correta, pois acelerou o parto numa situação de sofrimento fetal e morte iminente do concepto
E
correta, pois tal conduta reduz o consumo de fatores de coagulação, diminui o sangramento e pode melhorar as condições maternas enquanto aguarda-se o preparo da sala de operações para interrupção imediata da gestação
O crescimento e desenvolvimento dos diferentes sistemas e órgãos apresentam características próprias inerentes a cada etapa de vida do indivíduo. Sobre isso, assinale a alternativa correta:
Em relação às reações alérgicas cutâneas (a urticária e o edema de Quincke), há envolvimento de mecanismos imunológicos e não imunológicos; sobre isso, assinale a alternativa incorreta:
Os acidentes na infância são ocorrências frequentes e facilmente evitáveis, se houver orientação adequada sobre os mesmos. Acerca desses acidentes, assinale a alternativa correta:
Mecânico de 48 anos, hipertenso há 5 anos, em uso diário de hidroclorotiazida-25,0mg/dia e captopril-50mg duas vezes ao dia, apresenta PA = 150x90 em 3 verificações nessa avaliação ambulatorial. O ECG mostra bloqueio AV de 2º grau. Para o controle da HAS está contraindicado:
Compartilhar