Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Neurologia

Neuropediatria

Paciente portador de Encefalopatia Crônica não-evolutiva. Apresentou há 2 semanas, crise convulsiva tônica, afebril, com duração aproximada de 2 minutos. Novo episódio há 1d, novamente sem febre. Sobre o diagnóstico e conduta mais adequada, assinale a alternativa correta.

A
Convulsão febre. Deve-se pedir investigação completa para investigação de processo infeccioso;
B
Convulsão afebril única. Não tratar, curta duração;
C
Convulsão afebril única, em 2 episódios, já interpretado como epilepsia em paciente com quadro de base neurológico;
D
Ignorar o fato e informar à família que faz parte da patologia de base.
E
Acidente vascular cerebral. Solicitar ressonância magnética de crânio;
Lactente de 10 meses dá entrada na urgência do hospital com crises convulsivas tônico-clônicas e apresenta temperatura de 39 graus. Além de tentar reduzir a febre, é necessário escolher a droga a ser usada, que, neste caso, é
Baseie-se no texto a seguir para responder à questão: Um motociclista de 20 anos colide com um carro, sendo arremessado a cerca de sete metros. É feita a intubação orotraqueal no local. Na chegada ao pronto-socorro, a cânula de intubação está bem posicionada e fixada. Nota-se crepitação à palpação dos arcos costais do terço médio do hemitórax esquerdo, havendo diminuição do murmúrio vesicular em terço médio e inferior de ambos hemitórax. PA: 170 × 110 mmHg; P = 140 bpm (em membros superiores); Glasgow: 5; FAST (Focused Assessment with Sonography in Trauma): negativo. Pelve: estável. Membros inferiores sem pulsos arteriais palpáveis. Sem fraturas de extremidades. Principal suspeita diagnóstica, que explica a situação hemodinâmica:
No diagnóstico diferencial da icterícia, é CORRETO afirmar que:
Mulher de 32 anos apresenta-se na consulta com queixas de dores em "todo corpo", incluindo articulações. Não se queixa de rigidez, vermelhidão ou inchume articular. Refere-se à insônia devido à dor e frequentemente apresenta cefaleia. Ao exame, não apresenta sinais inflamatórios articulares e à palpação da inserção da musculatura suboccipital, dos epicôndilos laterais e no quadrante superior e lateral das nádegas sente dor. A velocidade de hemossedimentação é de 14 mm, a pesquisa de anticorpos antinucleares é positiva num título de 1:40, padrão pontilhado, e o fator reumatoide é negativo. Qual é o provável diagnóstico?
Compartilhar