Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Neurologia

Neuropediatria

Paciente portador de Encefalopatia Crônica não-evolutiva. Apresentou há 2 semanas, crise convulsiva tônica, afebril, com duração aproximada de 2 minutos. Novo episódio há 1d, novamente sem febre. Sobre o diagnóstico e conduta mais adequada, assinale a alternativa correta.

A
Convulsão febre. Deve-se pedir investigação completa para investigação de processo infeccioso;
B
Convulsão afebril única. Não tratar, curta duração;
C
Convulsão afebril única, em 2 episódios, já interpretado como epilepsia em paciente com quadro de base neurológico;
D
Ignorar o fato e informar à família que faz parte da patologia de base.
E
Acidente vascular cerebral. Solicitar ressonância magnética de crânio;
A coarctação de aorta ocorre em cerca de 5% a 8% do total de pacientes com malformações cardíacas congênitas e o diagnóstico precoce é muito importante. A suspeita diagnóstica pode ser feita durante o exame físico de rotina através da:
"No Brasil, a maior redução entre as doenças crônicas foi registrada nas mortes por doenças respiratórias (enfisema pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica, asma, etc.), o que equivale a uma queda média de 2,8% ao ano na taxa de mortalidade. Segundo a análise, um dos fatores para esse resultado é a diminuição do tabagismo no país. De 1989 a 2009, o percentual de fumantes na população caiu de 35% para 16,2% (fonte: portal da saúde)." Essa pequena citação sintetiza a importância de políticas públicas para a saúde da população. Analise as afirmativas e assinale a INCORRETA:
Joana procurou atendimento ambulatorial por estar emagrecendo há 3 meses. Durante a anamnese você identifica também dor abdominal na região hipogástrica, alteração no calibre e presença de sangue nas fezes. Joana é alcoolista e tabagista. A colonoscopia realizada identificou tumor maligno no cólon sigmoide. Joana teve indicação cirúrgica. Durante o procedimento de laparotomia foi evidenciado hemoperitôneo com laceração de alças intestinais e necrose. Uma das hipóteses da equipe cirúrgica foi obstrução em alça fechada. Durante o inventário da cavidade abdominal o fígado demonstrou-se nodular, sugestivo de cirrose. A neoplasia maligna hepática de maior risco para Joana é:
Uma lactente de 3 meses de idade apresenta febre há 48 horas e está sem ganhar peso adequado desde a sua última consulta médica há 20 dias. Após investigação de outros dados de anamnese e exame físico foi observado comprometimento do estado geral e a presença de fimose. Foi então pensado em se tratar de infecção urinária, entre outras possibilidades. Dentre as condutas abaixo, qual a mais adequada em se tratando de infecção urinária a fim de confirmar o diagnóstico?
Compartilhar