Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Infectologia

Paciente portador de endocardite bacteriana apresenta quadro de dor abdominal no quadrante superior esquerdo e esplenomegalia. A tomografia computadorizada de abdome mostra coleção intraesplênica multiloculada com nível hidroaéreo. O tratamento correto é:

A
Cirúrgico com esplenectomia.
B
Antibioticoterapia de longa duração.
C
Drenagem percutânea guiada por TC.
D
Troca de válvula cardíaca afetada.
Qual sinal clínico tem maior sensibilidade e especificidade no diagnóstico de persistência do canal arterial no paciente prematuro?
Em cirurgia bariátrica é incorreto afirmar que:
NÃO é usado como sinônimo de Prolapso da Valva Mitral:
Um paciente de 58 anos é admitido no CTI em função de um IAM com supradesnivelamento do segmento ST em parede infero-dorsal. Apesar de terapia trombolítica (t-PA) ser iniciada em um ?t compatível ( 4 horas desde o início da dor), não há sinais clínicos, eletrocardiográficos ou enzimáticos de reperfusão. O paciente, todavia, evolui bem, sem instabilidade hemodinâmica ou arritmias cardíacas. No 5º dia de evolução, porém, o paciente desenvolve dispneia súbita, associada a quadro de franco edema agudo de pulmão (EAP). Ao exame físico, além dos sinais próprios do EAP, está presente um intenso sopro sistólico (4+/6+) em ponta; a pressão arterial é de 100x60 mmHg, a frequencia cardíaca é de 120 bpm e a respiratória, 36 irpm. Todas as intervenções terapêuticas abaixo apresentadas foram consideradas, sendo apenas uma EQUIVOCADA. Assinale a conduta inadequada em razão do exposto:
Compartilhar