Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Hepatologia

Paciente portadora de vírus da hepatite C apresenta ecografia recente com heterogeneidade do parênquima hepático e biópsia com perda da arquitetura histopatológica. Refere há 24 horas hematêmese e melena em grande quantidade, com astenia progressiva e desconforto abdominal. Ao exame, está pálida, sonolenta, PA 70/30 mmHg, FC 140, FR 24, afebril. Na abordagem inicial de emergência, qual a conduta mais apropriada?

A
Tratamento endoscópico imediato de varizes de esôfago.
B
Octreotide e transfusão de plasma e papa de hemácias.
C
Estabilização volêmica e posterior endoscopia digestiva alta.
D
Endoscopia digestiva alta somente após adequada ressuscitação volêmica com plasma e albumina.
E
Albumina e terlipressina e se não houver disponibilidade de endoscopia digestiva alta usar o balão de Sengstaken-Blackmore.
T.S.J., 38 anos, trabalhando há 9 anos em indústria metalúrgica como supervisor de controle de qualidade, apresenta em consulta com otorrinolaringologista queixa de zumbido e dificuldade auditiva há 20 anos em orelha esquerda, com agravamento dos sintomas há 8 meses. Considerando o audiograma abaixo, assinale a alternativa CORRETA: (VER IMAGEM)
Analise a figura do teste de Rinne reproduzida abaixo, em que a condução aérea dura mais tempo do que a condução óssea, e considere as condições clínicas associadas à hipoacusia.I - Exposição sustentada a ruído; II - Uso de fármacos ototóxicos; III -Tumor do 8º nervo craniano. Quais delas podem ser a causa da perda auditiva neste caso? ( Conforme imagem do caderno de questões)
Homem, 48 anos, procura consultório com queixa de zumbido em orelhas há 6 meses. Nega outras queixas. Antecedente pessoal: hipertensão arterial controlada com uso de losartana 80 mg/dia, câncer de tireoide há 15 anos, com exames de seguimento normais (sic). Trabalha em fábrica de papel, na área de produção, com turnos de 6 horas, com uso irregular de equipamento de proteção individual nos últimos 8 anos e trabalhou em escritório de advocacia em serviços gerais. Antecedente familiar: perda auditiva paterna. Exame físico geral: inalterado; otoscopia: normal. Audiometria: (Conforme imagem do caderno de questões). Em relação ao audiograma podemos afirmar que:
Homem, 56a, refere queixa de secreção nasal purulenta continua há 6 meses, com dor recente entre os olhos com reflexo para a região occipital há 1 mês. Realizou tratamento com vários antibióticos para sinusite durante o último ano. Antecedente pessoal: nega uso de outros medicamentos, tabagismo e etilismo; trabalha em fábrica familiar de móveis há 30 anos. Tomografia de seios da face: (Conforme imagem do caderno de questões). É PROVÁVEL QUE O PACIENTE:
Compartilhar