Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hematologia

Paciente, sexo feminino, 18 anos de idade, com história de dor epigástrica, que migrou para fossa ilíaca direita há 24 horas, associado à febre, náuseas e vômitos. Rotina laboratorial mostrava leucocitose importante com desvio à esquerda e aumento das proteínas de fase aguda. Ultrassonografia do abdome total e tomografia axial com contraste do abdome foram inconclusivas. Submetida a videolaparoscopia diagnóstica, com achado de apendicite aguda fase I, procedida a videolaparoapendicectomia. O exame anatomopatológico do apêndice revelou neoplasia neuroendócrina com 0,8 centímetros e a imuno-histoquímica mostrou tumor carcinoide. A conduta oncológica correta é:

A
realizar colectomia direita com linfadenectomia à D2
B
realizar colectomia direita sem linfadenectomia
C
ampliar a margem cecal na inserção apendicular
D
expectar e manter acompanhamento clínico
E
iniciar quimioterapia com mesilato de imatinibe
A técnica de Stoppa é considerada:
Paciente de sexo feminino com 70 anos apresenta dor contínua em quadril direito, que é também referida em face interna de coxa e joelho e com restrição dos movimentos do quadril em questão. Tem diagnóstico clínico de artrose de articulação coxofemural. Que alterações são esperadas no RX do quadril?
O câncer colorretal hereditário não polipoide (hereditary non-polypoid colorectal câncer – HNPCC) é uma das síndromes mais comuns de predisposição ao câncer (10 a 12% dos pacientes com câncer colorretal são portadores da síndrome). Assinale a afirmativa INCORRETA.
Lactente de 5 meses tem apresentado cianose de mucosas labial e lesões ingueais, piorando com choro e durante as mamadas. Ao exame físico: eupneico, cianose perilabial, eutrófico, precordio calmo. Sopro sistólico rude em borda esternal esquerda sem irradiações. Radiografia de tórax ausência de infiltrado pulmonar, hipofluxo pulmonar, área cardíaca de tamanho normal, arco médio escavado. Qual a cardiopatia congênita mais provável?
Compartilhar