Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Paciente sexo masculino, 10 anos de idade, procedente da zona rural. Apresenta queixa de febre, cefaleia e dor abdominal. Na história, destaca-se a ocorrência de um abscesso em couro cabeludo, há 30 dias, associado a febre. Após a ocorrência do fato, o paciente desenvolveu um quadro de persistência da febre e dor importante em HCD. O estado geral piorou, com leucocitose: 20000 com predomínio de polimorfonucleares (bastões: 10%, segmentados: 50%, linfócitos: 25%, eosinófilos: 15%) HT: 36, Hb: 11,6, TGO: 33,5, TGP: 34,7. O estudo, por imagem, de abdome mostrou fígado com dimensões limítrofes, múltiplas hipodensidades, em lobo direito, a maior delas em situação subcapsular, medindo 3,0 cm, em seu maior diâmetro. O diagnóstico mais provável, para o quadro descrito é:

A
hepatoblastoma.
B
abscessos hepáticos multifocais.
C
esquistossomose hepática.
D
hepatite pelo vírus A.
E
doença policística hepática.
Um lactente de 12 meses apresenta, desde os 8 meses de vida, placas eritematosas recorrentes, associadas a prurido, localizadas na região malar e face extensora de membros. Tem surtos a cada 15 dias e refere piora nos períodos de frio. Com relação a esse paciente, identifique as afirmativas abaixo como verdadeiras (V) ou falsas (F). ( ) A presença de lesões pruriginosas nos familiares e prurido noturno confirmam dermatite atópica. ( ) A história familiar e pessoal de atopia confirma a hipótese clínica de dermatite atópica. ( ) Nesse paciente é importante o tratamento dos familiares, pois é doença de fácil contágio inter-humano. ( ) Nesse paciente é importante orientar a hidratar a pele, pois a barreira cutânea encontra-se alterada. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
Sobre o mecanismo de lesão nas hepatites medicamentosas, assinale a alternativa que apresenta a droga que se correlaciona com lesão colestática por lesão nos ductos biliares:
Criança de dois anos veio ao CSF com história de febre alta há 48 horas, dor de garganta e tosse rouca. Ao exame do orofaringe, havia uma hiperemia intensa das amígdalas. Esse quadro é mais sugestivo de:
Qual o tipo histológico mais comum do câncer de pênis?
Compartilhar