Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Paciente submetida a gastrectomia a DII devido adenocarcinoma gástrico evoluiu no pós-operatório com trombose venosa profunda de membro inferior esquerdo. No tocante ao uso de medicação anticoagulante (cumarínico), em que nível se deve manter o INR para garantir uma boa anticoagulação?

A
0,1 a 0,5.
B
0,5 a 1.
C
1 a 1,5.
D
2 a 3.
E
4 a 5.
Um paciente de 35 anos portador de miocardiopatia dilatada idiopática, com fração de ejeção do ventrículo esquerdo de 0,35 é admitido com piora de falta de ar aos pequenos esforços. Está em uso regular diário de captopril 150 mg, carvedilol 50mg, espironolactona 25 mg, com boa tolerância e adesividade ao tratamento. Apresenta-se levemente dispneico com estase jugular, pulso rítmico com 88 bpm, PA: 110 X 60mmHg, sopro sistólico suave em área mitral, murmúrio vesicular reduzido na base direita, fígado palpável a 2 cm do rebordo e edema +++ de membros inferiores sem sinais de TVP. Qual a melhor opção terapêutica?
Após um incêndio, um paciente de aproximadamente 80 Kg sofreu queimadura de 1º grau em toda região da cabeça, de 2º grau na parte anterior do tronco (abdome e tórax) e de 3º grau em todo membro inferior esquerdo. Calcule a superfície corpórea queimada (SCQ) e a quantidade de volume de hidratação a ser reposto no período de 16 às 24 horas pós-queimadura.
Na invaginação intestinal, é INCORRETO afirmar que:
Mulher, 42 anos de idade, apresenta intolerância a alimentos gordurosos. Não relata episódios prévios de icterícia ou dor abdominal. O exame ultrassonográfico do abdome demonstrou o diagnóstico de colecistopatia crônica calculosa. Com relação ao caso descrito é correto afirmar:
Compartilhar