Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Paciente submetida a gastrectomia a DII devido adenocarcinoma gástrico evoluiu no pós-operatório com trombose venosa profunda de membro inferior esquerdo. No tocante ao uso de medicação anticoagulante (cumarínico), em que nível se deve manter o INR para garantir uma boa anticoagulação?

A
0,1 a 0,5.
B
0,5 a 1.
C
1 a 1,5.
D
2 a 3.
E
4 a 5.
Lactente, feminino, com dois meses de idade, branca, foi levada ao pronto-socorro com história de cinco dias de febre, choro constante, urina de coloração amarelo escuro e odor fétido e recusa alimentar. Ao exame físico, apresentava-se febril (Tax: 39°C), mucosas hipocoradas (+/ ++++) e agitada. Foram solicitados: hemograma, EAS e urocultura. O EAS evidenciou densidade de 1030; PH: 6,0; proteínas (+); hemoglobina (+); flora bacteriana (++); muco (+++); leucócitos (20-22); hemácias (9-11); glicose e cilindros negativos. Hemograma: Hb (10,2) e hematócrito (31,3), leucócitos totais (28.000) e 76% segmentados; 0% bastões, 19% de linfócitos; 4% de monócitos e 1% de eosinófilos. Plaquetas: 391.000. Em relação a essa situação hipotética, assinale a alternativa que contém a conduta terapêutica mais indicada.
A sintomatologia do TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) pode apresentar três subtipos: predominantemente desatento (seis sintomas ou mais de desatenção e < 6 sintomas de hiperatividade/compulsividade), predominantemente hiperativo/impulsivo (seis sintomas ou mais de hiperatividade/compulsividade e < 6 sintomas de desatenção) ou combinado (seis ou mais sintomas em ambas as dimensões). É critério de HIPERATIVIDADE/COMPULSIVIDADE:
A principal razão para que NÃO se realize a punção guiada por TC de massa suprarrenal em um paciente com suspeita de feocromocitoma é:
A causa mais comum de hipoparatireoidismo é:
Compartilhar