Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Paciente submetido a herniografia inguinal recidivada à direita com a técnica do Lichtenstein. Evoluiu com dor e edema no escroto por volta do 4º dia pós-operatório, que perdurou por oito semanas. O quadro clínico acima sugere:

A
lesão do nervo ilioinguinal direito.
B
lesão do ducto deferente direito.
C
lesão do nervo gênito-femoral, que seria evitada caso a técnica cirúrgica fosse laparoscópica.
D
torção testicular com re-exploração cirúrgica de urgência.
E
orquite isquêmica com tratamento conservador.
Um motociclista sofreu fratura exposta de fêmur. O membro está pálido e com cianose dos dedos. Não se palpa pulso distal. Conduta mais apropriada:
No diagnóstico diferencial da icterícia, é CORRETO afirmar que:
Recém-nascido a termo, Apgar 8 e 9, pequeno para idade gestacional, parto vaginal. No alojamento conjunto, apresento hipoatividade, cianose em mãos e pés, taquipneia. A glicemia era 30 mg/dl. O hematócrito central foi de 68% e havia trombocitopenia. O diagnóstico e a conduta imediata, respectivamente são:
O aparecimento de queloides está influenciado por:
Compartilhar