Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Paciente vítima de briga de bar apresentando inúmeros ferimentos de arma branca em tórax e abdome, um deles com evisceração. Apresentava-se eupneico e com o murmúrio vesicular normal em todo o campo pulmonar e as bulhas cardíacas estavam normofonéticas. A radiografia de tórax não evidenciou pneumotórax. Foi levado à laparotomia exploradora onde foram evidenciados inúmeras perfurações em estômago, jejuno e cólon, sem hemorragia intra-abdominal significativa. Após 1 hora de procedimento cirúrgico, o paciente apresentou hipotensão severa que não respondeu à reposição volêmica com cristalóides. Marque a resposta correta.

A
Trata-se de choque hipovolêmico e o paciente necessita de transfusão imediata de concentrado de hemácias
B
O paciente necessita de toracotomia imediata para tratamento de tamponamento cardíaco
C
O paciente provavelmente necessita de drenagem de tórax.
D
Trata-se de choque séptico, a cirurgia deve ser encerrada o mais rápido possível e o paciente deve ser removido à UTI
E
A radiografia de tórax e a pericardiocentese são mandatórias para o diagnóstico do caso acima
Considerando as várias afecções que podem acometer a região anorretal, julgue o item a seguir. A técnica operatória que apresenta melhores resultados no tratamento da fissura anal crônica é a esfincterotomia lateral interna subcutânea.
Considerando que um paciente de 45 anos de idade seja portador de câncer gástrico tipo 3 na classificação de Borrmann e tenha indicação cirúrgica, julgue o seguinte item. No caso em apreço, se a opção cirúrgica for uma gastrectomia total, as seguintes artérias serão seccionadas: gástrica direita e esquerda, gastroepiploica direita e esquerda e artérias gástricas curtas.
Considerando um paciente de 26 anos de idade, vítima de trauma abdominal com lesão esplênica e pancreática e indicação de esplenectomia e pancreatectomia, julgue o item a seguir. A pancreatectomia caudal é um procedimento de risco, pois a veia esplênica e a mesentérica inferior se unem na face posterior da cauda do pâncreas.
Considerando um paciente de 26 anos de idade, vítima de trauma abdominal com lesão esplênica e pancreática e indicação de esplenectomia e pancreatectomia, julgue o item a seguir. Durante a esplenectomia, a secção do ligamento esplenofrênico pode ser feita sem hemostasia, pois, geralmente, esse ligamento é avascular.
Compartilhar