Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Para o diagnóstico de Anemia Perniciosa, são considerados como padrão-ouro:

A
homocisteína sérica e ácido metilmalônico.
B
mielograma e dosagem sérica de Vitamina B12.
C
anticorpos antifator intrínseco e Vitamina B12 sérica.
D
anemia macrocítica com RDW aumentado e Vitamina B12 sérica.
Criança de três anos, previamente hígida, chega ao pronto atendimento pediátrico trazida pela mãe em crise convulsiva generalizada tônico-clônica, duração aproximada de sete minutos. Durante história clínica mãe refere que criança reclamava de dor de garganta com evolução de 01 dia e febre de 38°C, nega crises convulsivas prévias ou história familiar de epilepsia. Diante do caso, qual a conduta inicial indicada:
Em relação aos efeitos sistêmicos do pneumoperitônio utilizado na laparoscopia, pode-se afirmar:
Menino, 4 anos, foi internado no serviço de emergência pediátrica com diagnóstico de pneumonia e empiema pleural. O agente etiológico isolado na hemocultura foi o Streptococcus pneumoniae. No 5º dia de internação, apresentou ao exame físico: FC = 160 bpm; PA = 80 x 50 mmHg (PA sistólica = 60 mmHg durante a inspiração); T = 38,7ºC. Veias jugulares estavam ingurgitadas, as bulhas cardíacas praticamente inaudíveis, o murmúrio vesicular audível bilateralmente, mas diminuído nas bases, presença de estertores crepitantes nas bases, submacicez à percussão das bases. O fígado estava palpável a 6 cm da reborda costal direita, consistência aumentada. As extremidades estavam frias e a perfusão periférica era diminuída. Qual das hipóteses abaixo explica a presença desses dados clínicos?
Considere as assertivas abaixo. I. Contagem de CD4, isoladamente, nunca define necessidade de tratamento com antiretrovirais. II. Candidíase oral em paciente HIV+ é marcador de imunosupressão severa e indica necessidade de tratamento com antiretrovirais. III. Tuberculose ganglionar é a apresentação extra-pulmonar mais frequente da tuberculose, e é a doença definidora da AIDS em pacientes HIV+. IV. Em pacientes HIV+ com meningite criptocócica, um LCR com baixa contagem de leucócitos prediz mau prognóstico. V. Hemiparesia de instação lenta em pacientes em HIV+ sugere de toxoplasmose cerebral. Escolha a opção correta:
Compartilhar