Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Para o diagnóstico diferencial das síndromes disabsortivas, podemos destacar como teste mais importante:

A
teste da d-xilose.
B
dosagem da carotenemia.
C
dosagem da gordura fecal.
D
teste da lactulose.
E
teste da metirapona.
Thiago, de 23 anos, vítima de atropelamento chega ao Pronto-Socorro verbalizando e queixando muita dor na perna e abdome. Está dicretamente taquipneico, com murmúrio vesicular audível em ambos os pulmões e com frequência respiratória 26 irpm. Está taquicárdico com 120 bpm de frequência cardíaca e com pressão arterial de 90x60. Após infusão de 2000ml de cristaloide não se observou uma boa resposta cardiovascular. Escala de coma de Glasgow de 15, com todos os reflexos presentes. Existe dor a mobilização do quadril e há fratura fechada de fêmur direito. Como o serviço não dispõe de ultrassonografia na sala de atendimento, opta-se por realizar um lavado peritoneal pela técnica aberta, que foi positivo para sangue. O cirurgião chefe decide então encaminhá-lo à sala cirúrgica. O achado cirúrgico foi pequena quantidade de sangue na cavidade peritoneal e grande hematoma na zona III. Qual deve ser a conduta?
São dores pélvicas de causas não ginecológicas, EXCETO: Referência: ROTINAS EM GINECOLOGIA Fernando Freitas e cols. - Dor pélvica crônica.
Escolar de nove anos é levada a atendimento médico. Vem apresentando, há cerca de três semanas, dor de garganta, febre alta e prostração, tendo sido tratada apenas com antitérmicos. Há uma semana apresentou quadro de artrite de caráter migratório, acometendo tornozelos, joelhos, punhos e cotovelos. Há 48 horas iniciou o uso de ácido acetilsalicílico e hoje se encontra assintomática do ponto de vista articular, retornando à consulta porque surgiram caroços no corpo. Ao exame físico: articulações normais, ausculta cardíaca normal, nódulos indolores e móveis em algumas proeminências ósseas e topografia de alguns tendões. Exames laboratoriais: discreta leucocitose, plaquetas e série vermelha de valores normais; VHS: 50 mm na primeira hora; antiestreptolisina O(ASO):1250 U Todd. Entre os dados descritos, aquele que alerta para possível evolução para cardite é:
Assinale a alternativa que NÃO faz parte de um ciclo típico de fertilização in vitro (FIV) - ou injeção citoplasmática de espermatozoides (ICSI).
Compartilhar