Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Para um paciente masculino, de 42 anos, com anemia ferropriva, assinale a alternativa CORRETA.

A
Deve-se pesquisar doenças que cursam com perdas sanguíneas crônicas pelo trato digestório.
B
A melhor opção terapêutica é a administração de sulfato ferroso por via oral, juntamente com as refeições.
C
O diagnóstico laboratorial deve revelar hipocromia, microcitose, ferritina baixa, ferro sérico baixo e capacidade de ligação da transferrina baixa.
D
É importante questioná-lo sobre vegetarianismo, como causa para a anemia.
E
Para incrementar a oferta de ferro, a opção dietética deve incluir carne vermelha, leite de vaca e leguminosas.
As Doenças Exantemáticas são moléstias infecciosas comuns na faixa etária pediátrica, sendo a erupção cutânea a característica dominante. Marque a alternativa INCORRETA quanto às Doenças Exantemáticas.
O tabagismo é a causa evitável mais comum de morte e doença. Um terço dos indivíduos que experimentam nicotina fica dependente e apenas 3% conseguem deixar espontaneamente de fumar. Nesse cenário, existem medicamentos que podem ser utilizados no tratamento da dependência do tabaco. Assinale a alternativa que contém os principais medicamentos utilizados para esse fim.
ABF, sexo masculino, 42 anos, comparece ao pronto-socorro com quadro de dor intensa em tornozelo direito, sente dor até ao passar o lençol com 8 horas de evolução. Informa já ter apresentado dor e edema em hálux esquerdo 2 meses antes, com melhora após uma semana, tendo usado, à época, AINEs por conta própria. Nega febre, hiporexia. História de etilismo, três a quatro garrafas de cerveja, 3 e 4 vezes por semana. Não faz acompanhamento médico regular. Ao exame: FC: 84 bpm; PA: 150 x 90 mmHg; Tax: 37,8°C; FR: 16 irpmin. Presença de edema, calor rubor em tornozelo direito. Sem outras alterações ao exame físico. Exames laboratoriais: Hb: 14,6 g%; Ht: 43%; VCM: 92; GL: 14,230 (S: 72% L: 21% Mon: 6% Eo: 1%); Plaq: 323.000; Ureia: 33 mg/dL; Creatinina: 1,1 mg/dL; Ácido úrico: 6,2 (VR: 7,0 a 9,6); PCR: 86 mg/dL; RX tornozelo D: Aumento de partes moles, sem outras alterações. Com relação ao caso anterior, é CORRETO afirmar que:
Nos casos de tratamento de um paciente idoso com delirium, muitas vezes é necessária a realização de sedação. Obedecendo aos critérios de medicamento de alta potência e pouca interferência em parâmetros vitais, a melhor escolha é feita com:
Compartilhar