Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Para uma paciente pós-menopausada, sem fogachos, com queixa de dispareunia e secura vaginal, a conduta proposta seria:

A
o uso de estrogênios para melhorar o trofismo (oral e tópico).
B
o uso de estrogênios associados a progestágenos para proteção concomitante do endométrio.
C
o uso de estrogênio tópico e lubrificantes.
D
o uso de tibolona visando melhora do muco e da libido.
E
a dosagem de FSH e estradiol para estabelecer a posologia hormonal a ser usada.
Menino, 7 anos, apresenta subitamente dor de garganta, calafrio, febre alta, cefaleia e dor abdominal. As amígdalas estão hiperemiadas, edemaciadas e recobertas por exsudato purulento. Há petéquias no palato. Palpa-se gânglio cervical doloroso à direita. O abdome é inocente. Demais dados do exame físico são normais. Em relação a esta situação são apresentadas as seguintes assertivas: I. O uso de penicilina é adequado para o caso. II. O uso de anti-inflamatórios não hormonais diminui o risco das complicações não supurativas. III. Após 48 horas de tratamento antimicrobiano adequado, não mais ocorre transmissão da doença. Qual é a alternativa correta?
Menino de três anos é trazido pelos pais ao urologista com quadro de hematúria macroscópica indolor e sem coágulos há dois meses. O menino não apresenta comorbidades. O exame físico revela-se normal, estando a criança em bom estado geral, corada, e com discreta dor a palpação do flanco e hipocôndrio direitos. A tomografia computadorizada com contraste intravenoso revelou rim direito normal e massa renal a esquerda, de 8 cm, preservando o polo inferior, chegando quase até a linha média, heterogênea. A principal hipótese diagnóstica e o tratamento mais indicado são:
Mulher de 68 anos, portadora de doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão arterial e ex-tabagista tem achado incidental de aneurisma da aorta abaixo da emergência das artérias renais com diâmetro máximo de 5,5cm. É assintomática com relação ao aneurisma. Realiza atividades domésticas sem auxílio. Qual a conduta recomendada neste caso?
Homem de 74 anos procura o pronto socorro com queixa de dificuldade miccional há 12 horas. Refere que há seis meses apresenta micção com jato fraco, entrecortado e sensação de esvaziamento vesical incompleto. Acorda 3 a 4 vezes à noite para urinar. Ao exame físico apresenta abdome doloroso a palpação em hipogástrio. Toque retal: próstata 80 gramas, sem nódulos. PSA = 3,5 ng/dL. Creatinina = 3,2 mg/dL. Ultrassom: ureterohidronefrose moderada bilateral, bexiga espessada e com divertículos, próstata de 90 gramas. Resíduo pós-miccional de 340 mL. Assinale a alternativa correta:
Compartilhar