Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Nefrologia

Podem ser causas secundárias de hiperglicemia devido à insensibilidade tecidual à insulina - todas as abaixo, EXCETO:

A
acromegalia.
B
síndrome de Cushing.
C
uso de niacina.
D
acantose nigricans.
E
pancreatite aguda.
Paciente de 22 anos com queixa de úlcera vulvar dolorosa e febre há 3 dias. Refere que há cerca de 4 dias iniciou com quadro de prurido local, pouco de dor e algumas pequenas vesículas no grande lábio direito. Ao exame, observam-se ulceras rasas, fundo limpo, dolorosas e irregulares, com cerca de 3mm cada, no grande lábio direito, em extensão de 3cm. Apresenta, também, linfadenomegalia dolorosa à direita. O que deve ser feito?
Mulher de 29 anos, usuária de DIU há 1 ano, chega ao pronto-socorro com dor em fossa ilíaca direita de início súbito, acompanhada de tontura, náuseas e escurecimento visual e sangramento vaginal. Referia última menstruação há cerca de 40 dias. Ao exame, está descorada, PA 80x40 mmHg, pulso de 110 bat/mim. Abdome tenso, doloroso em fossa ilíaca direita, com descompressão brusca presente. Observa-se sangramento pelo colo uterino, colo impérvio, útero discretamente aumentado e doloroso, abaulamento do fórnice vaginal posterior. Qual é o diagnóstico mais provável?
Menino, 4 anos, apresenta dificuldade de fitar o olhar, diminuição da reciprocidade social, fala incompreensível e movimentos estereotipados. O diagnóstico mais provável é:
A doença de Wilson advém de um erro inato do metabolismo, cuja principal consequência é o acúmulo de quantidades tóxicas de um determinado metal no fígado, cérebro, córnea e rins. A doença tem sido descrita em todas as raças, sendo particularmente mais comum em japoneses e judeus e nos povos com alto grau de consanguinidade. A herança é autossômica recessiva e sua prevalência é de 1:30.000 nascidos vivos. A que metal o texto se refere?
Compartilhar