Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Por definição, qual a diferença fundamental entre angina instável e infarto sem elevação do segmento ST?

A
A dor precordial é mais intensa na angina instável.
B
No infarto sem elevação do segmento ST existem marcadores de necrose detectáveis.
C
Não existe alteração eletrocardiográfica no infarto sem elevação do segmento ST.
D
Na angina instável, os marcadores de necrose encontram-se apenas levemente acima dos valores normais.
E
Não existe diferença entre angina instável e infarto sem elevação do segmento ST.
Homem de 22 anos, vítima de trauma automobilístico é trazido ao hospital pelo resgate. Após a avaliação e estabilização iniciais, detecta-se desalinhamento ao nível da coxa no membro inferior direito e ausência de pulsos distais neste membro. Após as avaliações necessárias foi indicada reconstrução arterial. A alternativa que descreve a forma de reconstrução recomendada é:
Menino, oito anos, iniciou quadro de dor escrotal aguda há três horas. Diz que a dor iniciou insidiosamente, piorou com o passar do tempo. O exame físico revelou testículo bem posicionado na bolsa, sinal de Angel negativo e reação de hiperemia com ponto azulado central, localizado, e de aproximadamente 1,0 cm, nega queixas urinárias. Indique a sua principal hipótese diagnóstica e a primeira conduta a ser tomada:
Homem, 43 anos de idade, foi submetido a cateterismo uretral com sonda Foley 20 Fr após a indução anestésica para cirurgia eletiva. Ao ser insuflado o balão da sonda, observou-se uretrorragia de moderada intensidade. Qual a conduta inicial?
Em recém-nascidos e lactentes com leucocoria, os seguintes diagnósticos diferenciais NÃO devem ser considerados:
Compartilhar