Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Neurologia

<P>Paciente de 50 anos admitido no pronto-socorro com quadro de confusão mental com 2 dias de evolução associado a temperatura de 37,4ºC. Na avaliação diagnóstica inicial não demonstrava rigidez de nuca. Exame físico segmentar normal. Realizou TC de crânio que não demonstrou alterações. Exames laboratoriais: hemograma normal, glicose 80 mg% (N: 74–106 mg/dl), Na+ 140 mEq/l (N: 136–146 mEq/L), K+ 4,5 mEq/l (N: 3.5–5.1 mEq/L), Ca 8,8 mEq/l (N: 8.6–10.0 mg/dl). Liquor com aumento de proteínas e leucócitos. Em relação ao caso, é correto esperar:</P>

A
<P>liquor com predomínio de polimorfonucleares</P>
B
eletroencefalograma com alterações descritas como descargas epileptiformes lateralizadas periódicas
C
ressonância magnética encefálica com lesão hiperintensa em T2 localizada em lobo occipital
D
eletroneuromiografia demonstrando um padrão de desmielinização
E
arteriografia cerebral evidenciando fístula arteriovenosa em topografia de cerebral média
Um paciente de 15 anos tem múltiplos angiomas de retina e cistos de rins e pâncreas. Qual dos tumores do SNC abaixo relacionados é mais comum nesse caso?
Conforme a Classificação Internacional das Cefaleias, fazem parte dos critérios diagnósticos de cefaleia em salvas sem tratamento e na ausência de outro transtorno atribuível os seguintes:
Leia o caso clínico a seguir. Uma paciente de 25 anos, do sexo feminino, com diagnóstico prévio de migrânia com aura, apresentou piora das crises e se automedicou com sumatriptano em uso contínuo por 10 dias e, apesar da melhora da dor, a paciente evoluiu com parestesia seguida de hemiparesia esquerda de predomínio braquiofacial, hiper-reflexia, Hoffmann e Babinski à esquerda, sem alterações sensitivas ou da consciência e com coordenação preservada, sem rigidez de nuca e demais pares cranianos normais. Essa paciente é obesa e dislipidêmica, sem outras comorbidades. Com base nesses dados clínicos, o diagnóstico topográfico neurológico e a hipótese diagnóstica principal são, respectivamente:
No que se refere à associação entre situação clínica, agente etiológico e tratamento adequado,
Compartilhar