Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Gastroenterologia

Cirurgia Geral

<p>Paciente masculino, 30 anos, submetido à apendicectomia por apendicite aguda perfurada com abscesso pélvico por via laparotômica há 15 dias. Recebeu alta no quinto dia pós-operatório. Há 4 dias vem apresentando febre de 38,9ºC e abaulamento da ferida, com hiperemia. A ultrassonografia do abdome mostra edema e espessamento da parede no local da incisão de McBurney com ar no subcutâneo. Assinale a alternativa que apresenta o diagnóstico mais provável e a conduta recomendada: </p>

A
Trata-se de fístula estercoral após apendicectomia e o paciente deve iniciar nutrição parenteral total.
B
O paciente apresenta fístula entérica e deve ser submetido à drenagem da parede e ileostomia derivativa.
C
O paciente apresentou hematoma pericecal, drenado e infectado por bacilos Gram-positivos, originários da flora dérmica profunda, que deve ser drenado.
D
O paciente apresenta fístula entérica de baixo débito, distal, devendo ser drenada e iniciada imediatamente nutrição enteral por sonda com solução hidrolisada.
E
Trata-se de abscesso da parede abdominal com predomínio de Gram-negativos e anaeróbios, devendo ser drenado e iniciada antibioticoterapia.
Em relação à nutrição do paciente cirúrgico, é correto afirmar:
A quimioprofilaxia para tuberculose (TB) está contra-indicada:
As fases do ciclo celular mais sensíveis à radioterapia são:
Em um paciente com anafilaxia, qual das drogas abaixo deve ser evitada?
Compartilhar