Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Nefrologia

Reumatologia

Pré-escolar de 4 anos apresenta fortes dores abdominais e em articulações de joelhos, acompanhados de petéquias e equimoses em braços, membros inferiores e glúteos. Exames complementares: hematúria macroscópica, biópsia de pele com vasculite leucocitoclástica, VHS: 70mm na primeira hora. O diagnóstico mais provável é:

A
púrpura trombocitopênica imunológica.
B
síndrome hemolítico urêmica.
C
leucemia linfoblástica aguda.
D
púrpura de Henoch-Schönlein.
E
púrpura fulminante.
Mulher de 20 anos com história de amenorreia de 7 semanas, bHCG 400 m UI na 5ª semana, deu entrada na maternidade do HUGG com quadro de perda sanguinea vaginal de pequena monta associada a dor em baixo ventre. Foi solicitado ultrassom transvaginal que mostrou endométrio espesso com cerca de 12 mm associado a presença de material amorfo em anexo direito com cerca de 20 mm apresentando intenso fluxo sanguineo ao Doppler. Na internação o bHCG sanguineo foi 300 m UI. Seu diagnóstico provável e conduta mais apropriada:
Sobre fisiologia genital assinale o grupo de assertivas totalmente incorretas: 1- O ovário responde ao GnRH de forma seqüencial e definida para produzir o crescimento folicular, ovulação e formação do corpo lúteo. 2- Existe vários níveis de “feed-back” para o hipotálamo que são conhecidos como de alças longas, curtas e ultracurtas. 3- A secreção pulsátil contínua de GnRH é necessária devido à sua meia vida (clivagem proteolítica em até 4 minutos) 4- As endorfinas estimulam a secreção de GnRH, hipotalâmico e, portanto, a secreção de FSH e LH 5- O GnRH controla a secreção do FSH, LH e PRL.
Um lactente de 10 meses de idade apresentando tosse há mais de cinco dias e febre nos dos primeiros dias do quadro, é atendido na emergência com FC=170 bpm e FR=52 irpm, temperatura de 37ºC, prostrado com taquidispneia, rítmo de galope, diminuição da intensidade das bulhas cardíacas e hepatomegalia. Baseada no relato, responda:
Paciente de 65 anos de idade com indicação para realizar prostatectomia por hiperplasia prostática, tem na história patológica pregressa relato de infarto agudo do miocárdio há 4 meses; no momento encontra-se em uso de clopidogrel e anti-hipertensivo. Qual a conduta a ser tomada?
Compartilhar