Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Neurologia

Pré-escolar de 4 anos, chega ao atendimento com história de crise convulsiva de início há 15 minutos, sem febre, clônica generalizada. Após rápida avaliação inicial e estabilização das vias aéreas, conseguido acesso venoso periférico onde é realizado diazepam endovenoso, sem diluir, na dose de 0,5 mg/kg. Após 10 minutos observa-se que o paciente persiste em crise. Qual a medicação MAIS CORRETA a ser ofertada neste momento?

A
Repetir diazepam na mesma dose, agora diluído em 20 ml de SF 0,9%.
B
Midazolam 0,1 mg/kg IM ou EV.
C
Fenobarbital 15 mg/kg IM ou EV.
D
Fenitoína 20 mg/kg EV.
E
Aguardar resultado do EEG para decidir qual melhor droga a utilizar.
Primigesta, com 16 semanas de idade gestacional, apresenta dor de alta intensidade na região hipogástrica com sangramento genital em grande quantidade. Volume uterino, ao exame ginecológico, diminuído para a idade gestacional, colo uterino dilatado, ultrassonografia aponta a presença de embrião na cavidade uterina, batimentos cardiofetais ausentes. Qual o diagnóstico mais provável?
Mulher de 45 anos de idade, menopausada, procura seu médico com quebra de ondas de calor, sudorese, calafrios, tontura, insônia, memória inadequada e fadiga. Exame ginecológico normal e dosagens hormonais mostram elevação das gonadotrofinas hipofisárias. Cerca de 25% das mulheres no climatério têm osteoporose significativa. Das alternativas abaixo, qual mostra quais ossos são mais comumente comprometidos?
Um jovem de 27 anos, previamente saudável, recebe diagnóstico de pneumonia comunitária. Após a avaliação inicial, foi optado por tratamento ambulatorial com azitromicina. É reavaliado no quinto dia, estando afebril há 72 horas, consciente, orientado, alimentando-se normalmente e com estabilidade respiratória e hemodinâmica, porém sem nenhuma melhora na radiografia de tórax de controle. A conduta neste caso é:
Criança e três anos e 6 meses, com história de tosse produtiva há quinze dias, inaptência, febre não aferida e tumefação cervical à direita. Ao exame físico, mostra-se emagrecida, percentil 10 do gráfico de crescimento e desenvolvimento, gânglio de 2,5 cm de diâmetro na região cervical à direita. Ausculta pulmonar comn estertores crepitantes na base do hemitórax direito. Fígado a 4 cm do rebordo costal direito. Restante sem anormalidades. Diante do relato, assinale a principal hipótese diagnóstica e a conduta complementar:
Compartilhar