Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pré-escolar de cinco anos é atendido com quadro agudo de febre, cefaleia e vômitos. Ao exame, apresenta-se sonolento e com rigidez de nuca. Exame ao liquor: 600 células, sendo 90% de neutrófilos; proteína 80 mg%, glicose 25 mg%. Látex negativo para meningococo, hemófilo e pneumococo. O diagnóstico provável é:

A
encefalite
B
meningite viral
C
abscesso cerebral
D
meningite bacteriana
E
meningite tuberculosa
Paciente feminina, de 43 anos, encaminhada por adinamia, lentificação psicomotora e sintomas depressivos. Apresentando tosse, com escarro amarelado, há 7 dias. Ao exame físico, PA 90/60 mmHg e rarefação de pelos pubianos. Os familiares referiam história prévia de complicação obstétrica hemorrágica há 7 anos e amenorreia, desde então. Exames laboratoriais:TSH 8,0 (0.45-4,5 mUI/L), T4L 0.3 mg/dL (0,6-1,7mg/dL) e glicemia 45 mg/dL. Trata-se, provavelmente, de:
No tratamento da gota, podemos afirmar:
Dentro das Espondiloartropatias Soronegativas, as uveítes apresentam as seguintes características clínicas:
De acordo com o programa de Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância (AIDPI), qual o sinal indicativo para classificar como tendo pneumonia uma criança que apresenta tosse ou dificuldade para respirar?
Compartilhar