Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Pré-escolar de cinco anos é atendido com quadro agudo de febre, cefaleia e vômitos. Ao exame, apresenta-se sonolento e com rigidez de nuca. Exame ao liquor: 600 células, sendo 90% de neutrófilos; proteína 80 mg%, glicose 25 mg%. Látex negativo para meningococo, hemófilo e pneumococo. O diagnóstico provável é:

A
encefalite
B
meningite viral
C
abscesso cerebral
D
meningite bacteriana
E
meningite tuberculosa
Em pacientes com síndrome de apneia obstrutiva do sono (SAOS) de intensidade severa, além do uso noturno de CPAP, devem-se iniciar medidas gerais para melhor controle da doença, EXCETO:
Primigesta de 41 anos, sem pré-natal realiza exame sonográfico apresentando o seguinte laudo: Gestação tópica, única com biometria de cerca de 22 semanas; Placenta de inserção fúndica de espessura aumentada. Polidramnia moderada (ILA=24cm). Presença de ascite fetal. Ausência de alterações morfológicas detectáveis a essa idade gestacional. Exames laboratoriais realizados à emergência apresentarem o seguinte resultado: Tipo sanguíneo: A negativo; coombs indireto negativo; VDRL negativo. IgG e IgM para Toxoplasmose, rubéola e citomegalovírus negativos. Ecocardiografia fetal sem alterações. Os 2 diagnósticos mais compatíveis com o quadro apresentado são:
As técnicas de reprodução assistida estão cada vez mais sendo utilizadas em nosso país, com bastante sucesso em casos selecionados. Em relação à legislação brasileira sobre as técnicas de reprodução assistida, é correto afirmar que:
Qual o 1º sintoma da síndrome compartimental e qual o tratamento adequado?
Compartilhar